segunda-feira, março 28, 2016

Entra em vigor impressão de registro profissional pela internet pelo MTE




O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) anunciou que já está em operação o Sistema Informatizado do Registro Profissional (SIRPWEB), desenvolvido pelo Ministério da Previdência Social. Com o novo canal, os trabalhadores, que antes precisavam se dirigir pessoalmente a uma unidade do MTE para buscar o registro profissional, agora podem imprimir o documento de qualquer computador com acesso à internet.

Atualmente, a pasta concede registro profissional a trabalhadores pertencentes a 14 categorias profissionais regulamentadas por leis federais. São elas: agenciador de propaganda, arquivista, artista, atuário, guardador e lavador de veículos, jornalista, publicitário, radialista, secretário, sociólogo, técnico em arquivo, técnico em espetáculos de diversões, técnico de segurança do trabalho e técnico em secretariado.



O processo inicial de encaminhamento do registro permanece inalterado. É necessário entrar no site do ministério, preencher um formulário no linkhttp://sirpweb.mte.gov.br/sirpweb/pages/solicitacoes/solicitarRegistro.seam e depois levar pessoalmente os documentos solicitados. 

A partir daí, desde o acompanhamento do processo de análise do pedido até a impressão do registro, tudo pode ser feito pela internet. O documento pode ser plastificado ou anexado à carteira de trabalho. A mudança, segundo o ministério, além de facilitar o trabalho de quem busca o registro, beneficia também os trabalhadores que procuram as unidades do ministério para outros serviços.

A impressão do registro profissional pela internet foi instituída pela Portaria /MTPS nº 89, de 22 de janeiro de 2016. Mas os registros concedidos antes dessa data continuam válidos. Ou seja, quem já obteve a anotação na Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) não precisa imprimir o cartão de registro profissional. Entretanto, caso deseje obter o documento, basta acessar e fazer a impressão normalmente, acessando o portal http://sirpweb.mte.gov.br/sirpweb/principal.seam

Com informações do Ministério da Previdência Social 




0 comentários:

Postar um comentário