quarta-feira, junho 15, 2016

Tite aceita convite da CBF e assume a seleção no lugar de Dunga




Um dia depois da demissão de Dunga na tarde da ultima terça-feira (14-06-16), a seleção já tem um novo técnico: Tite. O treinador deixou o Corinthians, que ocupa a quarta colocação no Brasileiro, e passará a comandar o Brasil.
Internamente, a CBF confirmou a informação a aliados de que está tudo certo com Tite. Posteriormente, Walter Feldman, secretário-geral da CBF, disse que a questão salarial e contratual ainda será formalizada nesta quinta-feira (16-06-16).  O acerto de Tite com a CBF confirma o que já era indicado pelas movimentações da entidade nos últimos dias. Além de Dunga, foi dissolvida toda a comissão técnica da seleção, que teve também a saída do dirigente Gilmar Rinaldi.
Tite se reuniu por três horas com Marco Polo Del Nero, presidente da CBF, na noite de terça, mas só deu a resposta nesta quarta-feira (15-06-16), após ouvir a família e conversar com dirigentes corintianos.
Tite na seleção já havia se tornado quase unanimidade entre torcedores nos últimos anos. Após uma breve passagem pelo Al-Wahda, venceu seu primeiro Campeonato Brasileiro pelo Corinthians em 2011. No ano seguinte, se consagrou ao levar o alvinegro à inédita conquista de Libertadores e, na sequência, do Mundial de Clubes.
No fim de 2013 deixou o Parque São Jorge, e esperava o convite da seleção brasileira após a Copa de 2014. A CBF, entretanto, escolheu Dunga, em uma decisão que magoou o ex-corintiano. No ano passado, Tite voltou ao alvinegro, e mais uma vez teve sucesso, conquistando o Brasileiro.
A queda de Dunga ocorreu após campanha decepcionante na Copa América Centenário: em um grupo com Haiti, Equador e Peru, o Brasil venceu apenas o primeiro adversário, e acabou ficando pelo caminho ainda na primeira fase da competição.


0 comentários:

Postar um comentário