quarta-feira, agosto 31, 2016

Termina nesta quarta-feira prazo para trabalhador sacar benefício do PIS/Pasep




São cerca de um milhão de trabalhadores com direito ao abono salarial do Programa de Integração Social (PIS) e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), ano-base 2014, ainda não sacaram o benefício. O valor é equivalente a um salário mínimo vigente no país (valor atual R$ 880). Quem não sacar o benefício pode perder esse dinheiro.
Então é bom o trabalhador correr e procurar uma agência do Banco do Brasil ou da Caixa e fazer o saque. O prazo para termina nesta quarta-feira (31-08-16). Depois dessa data, o Ministério do Trabalho informa que o valor retornará para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), e não estará mais disponível para saque nas agências bancárias.
Têm direito ao Abono Salarial ano-base 2014 quem trabalhou por pelo menos 30 dias com carteira assinada e teve salário médio de até dois salários mínimos naquele ano. Além disso, era preciso estar inscrito no PIS/Pasep há no mínimo cinco anos e ter tido o nome informado pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), informou o Ministério do Trabalho.
O saque pode ser feito em qualquer agência da Caixa (para o caso do PIS) ou do Banco do Brasil (no caso do Pasep). Servidores públicos que se aposentaram depois de 2014 e cargos comissionados em instituições públicas devem verificar se têm direito ao Abono Salarial. O governo recomenda que as pessoas não deixem para o último dia e alerta que o prazo, que se encerra nesta quarta-feira, não será prorrogado novamente.
Como saber se tem direito
No site do Ministério do Trabalho é possível pesquisar o nome dos trabalhadores com direito ao benefício que até a última quinta-feira (25) ainda não haviam feito o saque. Para realizar a consulta, é necessário acessar www.trabalho.gov.br, e clicar no banner ‘Abono Salarial‘, localizado na parte superior da tela.
Para avançar na pesquisa, basta localizar seu estado e seu município, e procurar pelo seu nome, que constará em uma lista em ordem alfabética. No site do abono salarial http://abonosalarial.mte.gov.br/ existe uma ferramenta online para os trabalhadores checarem se têm direito ao abono.
Outra opção é o Alô Trabalho, no telefone 158, que é um canal gratuito de comunicação do Ministério do Trabalho com o trabalhador. São aceitas ligações de telefone fixo de todo o país, e os atendentes estão preparados para dar informações sobre o Abono Salarial.

Além desses canais, o interessado deve procurar a Caixa Econômica Federal e fornecer informações sobre o PIS pelo telefone 0800-726 02 07. No caso do Pasep, a ligação deverá ser feita para o Banco do Brasil no telefone 0800-729 00 01, informou o Ministério do Trabalho.





Click aqui para ler  notícias da primeira página

0 comentários:

Postar um comentário