quinta-feira, setembro 01, 2016

Eduardo Botelho é o novo presidente da Assembleia Legislativa



Com 21 votos a favor e 3 contra, a Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso elegeu a nova mesa diretora. A única chapa concorrente foi a União e Trabalho, encabeçada pelo novo presidente deputado estadual Eduardo Botelho (PSB).
Além de Botelho, a nova mesa conta com os deputados Gilmar Fabris (PSD) como 1º vice-presidente, Max Russi (PSB) como 2º vice-presidente, Guilherme Maluf (PSDB) na 1ª secretaria, Nininho (PSD) na 2ª secretaria, Baiano Filho (PSDB) na 3ª secretaria e Silvano Amaral (PMDB) na 4ª secretaria.
Votaram a favor da eleição da chapa: Baiano Filho, Cel. Taborelli, Dilmar Dal Bosco, Dr. Leonardo, Eduardo Botelho, Gilmar Fabris, Guilherme Maluf, Mauro Savi, Max Russi, Nininho, Oscar Bezerra, Pedro Satélite, Romoaldo Júnior, Saturnino Masson, Sebastião Rezende, Silvano Amaral, Wagner Ramos, Wancley Carvalho, Wilson Santos, Zé Carlos do Pátio e Zé Domingos Fraga.


Votaram contra a chapa os deputados Emanuel Pinheiro, Janaina Riva e Zeca Viana.
Em seu discurso, após a apuração dos votos, o deputado Eduardo Botelho disse: 
"Quero dizer aos Poderes – Ministério Público, Tribunal de Contas e Tribunal de Justiça -, que vamos construir uma relação de harmonia. Não entendam e não tratem essa Casa como tendo bandido. Aqui são 24 líderes e deputados que receberam milhões de votos. E vamos tratar harmonicamente cada um”, afirmou o parlamentar.


O deputado, cuja eleição teve o apoio do governador Pedro Taques (PDT), negou que a Assembleia seja “um puxadinho” do Executivo, conforme disse seu colega Zeca Vianna (PDT). “Não é puxadinho. Se fosse puxadinho, [os projetos do Governo] chegariam aqui e não aceitariam nenhuma emenda e nós aprovaríamos. Não foi assim. Todos foram discutidos amplamente e cada deputado teve seu valor”, disse.

Click aqui para ler  notícias da primeira página

0 comentários:

Postar um comentário