quarta-feira, setembro 07, 2016

Gazeta Dados diz que 66% da população aprova Mauro Mendes



O Instituto de Pesquisas Gazeta Dados fez levantamento técnico que aponta excelente aprovação da gestão de Mauro Mendes (PSB) a frente da prefeitura de Cuiabá. De acordo com os números apresentados pelo instituto, dois em cada três cuiabanos aprovam o prefeito da cidade. O estudo foi feito com base em respostas de 800 pessoas ouvidas em mais de 100 bairros do município, entre os dias 1º e 4 de setembro.
O levantamento indica que Mauro Mendes conta com a aprovação de 66% dos ouvidos, o gestor, que não disputará a reeleição este ano, é desaprovado por 25% do eleitorado. Já 9% não souberam ou não quiseram emitir opinião aos entrevistadores do instituto.
A gestão de Mauro à frente do município, iniciada em janeiro de 2013, também foi avaliada pelos eleitores. Do total, 44% avaliam como positiva a administração, sendo 8% considerando-a ótima e 36% entendendo o trabalho de Mendes à frente da prefeitura como bom.
Já 39% dos eleitores afirmam que o trabalho do prefeito, que se encerrará em dezembro deste ano é regular, ao passo que 15% avaliam a atual administração de forma negativa, com 11% para ruim e 4% para péssimo.
Aqueles que aprovam Mendes, em sua maioria, o fazem por ele ser um bom administrador, considerado competente. Nada menos que 31% dos entrevistados responderam ao questionamento desta forma. Os trabalhos realizados por ele também motivam a aprovação, uma vez que os atributos mais lembrados por aqueles que concordam com o prefeito são o asfaltamento, 14%, reforma de praças, 12% e construção e reforma de creches, com 5%.
Sobre o próximo administrador, quase metade dos entrevistados, 48%, quer que o novo prefeito faça uma gestão diferente da cidade, mantendo as principais ações de Mendes.
Já 26% defendem o contrário, ou seja, que o sucessor do atual prefeito governe de uma forma totalmente diferente da utilizada pela atual gestão. Para 22% dos cuiabanos, o eleito em outubro terá que dar continuidade à gestão do pessebista.
Se aqueles que aprovam o atual prefeito destacam sua competência, os que o desaprovam o classificam como incompetente. Nada menos que 35% destes eleitores entendem que a prefeitura é má administrada.
Outros críticos entendem que ele não ajuda a população carente, 11%, não incentiva a geração de emprego, 7%, e não fez obras, fato citado por 4%.
A Saúde é apontada pelos entrevistados como o principal problema da cidade. De cada 10 entrevistados, seis citaram o serviço como o mais problemático em Cuiabá. O segundo problema, lembrado por 14% dos cuiabanos, trata da segurança pública. Outros serviços também são lembrados como problemáticos, como Educação, pavimentação de ruas, emprego e saneamento.
O levantamento foi registrado junto à Justiça Eleitoral sob o protocolo número 07453/2016 e tem intervalo de confiança de 95%, ou seja, se fossem realizadas 100 pesquisas, em 95 delas os resultados seriam como os apresentados, dentro da margem de erro de 4 pontos percentuais para mais ou para menos. Foram ouvidas 800 pessoas, entre os dias 1º e 4 de setembro.

Fonte: Gazeta Digital

0 comentários:

Postar um comentário