terça-feira, setembro 06, 2016

Secretaria abre edital que contempla projetos que ofertem atividades culturais



A Secretaria de Estado de Cultura abriu seleção pública para iniciativas transformadoras que envolvam a comunidade a partir da oferta de atividades culturais. As inscrições para o Prêmio Territórios MT, seguem até o dia 3 de outubro e podem ser feitas via internet, pela plataforma de mapeamento da Sec-MT, o Mapas. O edital pode ser acessado pelo site oficial da Secretaria.

De acordo com o documento, são considerados “Territórios Culturais”, os espaços físicos com gestão autônoma pela sociedade civil organizada, constituída formalmente ou não, em funcionamento ininterrupto há pelo menos dois anos, que desenvolvem programação gratuita ou a preços populares, incluindo diferentes linguagens artísticas e culturais, com atuação nas áreas de produção, intercâmbio, formação e difusão de conteúdo, bem como ações culturais e artísticas.

Os projetos devem apresentar propostas de desenvolvimento de projetos de produção e difusão das expressões culturais, como por exemplo, apresentações, intervenções, saraus, ensaios abertos de artistas, grupos ou coletivos, ou ainda, de atividades de intercâmbio entre os territórios culturais de Mato Grosso, de outros estados brasileiros e, também, do exterior ou ainda, de atividades de formação na área cultural e artística, como, por exemplo, oficinas, cursos, workshops, palestras, reuniões e debates, dentre outros.

De acordo com o secretário de Estado de Cultura, Leandro Carvalho, o edital tem como forte característica, subsidiar projetos culturais que promovam a inclusão social. “Na primeira edição, em um total de nove iniciativas contempladas, pudemos constatar que o Territórios extrapola os objetivos do desenvolvimento de atividades artísticas e culturais realizadas em espaços independentes e protagonizadas por profissionais da cultura. Os projetos apresentados, em sua maioria ressignificaram espaços e irradiaram o alcance chegando a mais comunidades. As ações se multiplicaram”, explica.

Leandro Carvalho lançou a nova edição do Territórios no Centro Comunitário do Jardim Vitória, espaço que acolheu as oficinas do projeto Hip Hop Contemporâneo. Uma das idealizadoras desta ação, Lígia Viana, revela que o Centro Comunitário do Jardim Vitória foi oxigenado com a presença de crianças e adolescentes focados na capacitação artística. 

“O grafite, por exemplo, mudou a cenário. O Centro Comunitário se transformou em uma verdadeira galeria. Um projeto como este muda positivamente o cotidiano de uma comunidade periférica. Para se ter uma ideia, com as oficinas e shows previstos, mais de duas mil pessoas foram alcançadas. Além disso, mais de 15 coletivos dedicados ao hip hop estiveram envolvidos em todo o processo”.

Somando ao Hip Hop Contemporâneo, ao todo nove projetos foram contemplados na primeira edição do Prêmio Territórios: Chapada em Concerto (Chapada dos Guimarães), Passo Miudinho – Mestres da Cultura Popular de Mato Grosso (Várzea Grande), Samba no Coreto (Cuiabá), Chão Violado: Entre acordes e imagens (Poxoréu), Coletivo Cultural Toda Vida (Cuiabá), Oficina da Cultura (Sorriso), Violada Sertaneja: Encontro de Música de raiz (São José dos Quatro Marcos) e Espaço Cultural Teaf – Território de Arte e Cultura (Alta Floresta).


A partir do dia 12 de setembro a Secretaria de Estado de Cultura disponibiliza o e-mail territóriosmt@cultura.mt.gov.br para esclarecer eventuais dúvidas. Por enquanto, elas podem ser solucionadas pelo sup.politicasculturais@cultura.mt.gov.br .



0 comentários:

Postar um comentário