terça-feira, dezembro 04, 2018

Superalimentos: 15 itens para incluir na dieta

Os alimentos que apresentam vitaminas, minerais, fibras e compostos de ação antioxidante em sua composição são chamados de superalimentos. Segundo a nutricionista Thais Souza, eles ajudam na manutenção do peso, na redução do colesterol e na prevenção de doenças cardiovasculares, além de nutrirem o organismo.

A especialista lista 15 alimentos amigos da saúde.

Castanha-do-pará

Oleaginosa nacional, a castanha-do-pará é uma das principais fontes de selênio, além de ser rica em cálcio e magnésio. Os antioxidantes presentes retardam o envelhecimento e previnem contra o aparecimento de doenças degenerativas. Outro benefício do consumo da castanha-do-pará é a redução do colesterol e triglicerídeos, resultado da ação das gorduras insaturadas da oleaginosa. A vitamina E auxilia na memória e concentração.

Açaí

Por causa dos compostos antioxidantes, o açaí ajuda a combater e neutralizar a ação dos radicais livres, prevenindo doenças cardiovasculares, câncer, diabetes e Alzheimer. Segundo a especialista, pesquisas apontam que o açaí é eficaz no tratamento da bactéria causadora da gastrite.

Spirulina

A microalga verde azulada é conhecida principalmente por promover a sensação de saciedade, reduzindo o apetite no processo de emagrecimento. Rica em proteínas, vitaminas e minerais, a spirulina é também fonte de ácido gama-linolênico (GLA), que tem demonstrado resultados interessantes no tratamento de artrites, doenças cardiovasculares e obesidade.

Cacau

Rico em antioxidantes, o cacau reduz o risco de doenças do coração, diminui as taxas de colesterol e a pressão arterial. Outro benefício do consumo é a proteção contra os danos causados pela exposição ao sol.

Quinoa

Com alto valor nutricional, a quinoa contém boa quantidade de fibras e proteínas, além de minerais como zinco, ferro, cálcio, potássio, magnésio e manganês e vitaminas B2 e E. O cereal ainda é fonte ainda dos ácidos graxos ômegas 3 e 6.

Maca peruana

Com cálcio e magnésio, minerais essenciais à saúde óssea, a planta pode auxiliar na prevenção e tratamento desta doença. Além disso, a cama peruana fonte de gorduras, como o ácido palmítico e a vitamina E, que relacionados à formação de hormônios sexuais em nosso organismo, auxiliando no aumento da libido.

Cranberry

Fruta pequena nativa do leste da América do Norte, o cranberry ajuda a tratar problemas do trato urinário, como ardência ao urinar e necessidade frequente de ir ao banheiro. De acordo com Thais, a fruta tem a propriedade de inibir a colonização bacteriana na superfície dentária evitando o desenvolvimento de cáries e doenças periodontais.

Romã

Os ácidos gálico, elágico e protocatequínico presentes na romã, são antioxidantes que neutralizam os radicais livres que danificam as células, desencadeando o câncer. A fruta também atua na redução do colesterol e no combate ao envelhecimento precoce.

Chia, linhaça e óleo de peixe

Ricos em ômega 3, seu consumo está associado a proteção contra doenças cardiovasculares e também a melhora de funções cerebrais, como a memória, a concentração e o desempenho como um todo.






Goji berry

Originária da China e do Tibete, a fruta é rica em beta-caroteno e zeaxantina, carotenoides que mantem a saúde ocular e protegem a retina. Além disso, o goji berry ajuda a prevenir doenças cardiovasculares e inflamatórias e estimula o sistema imunológico. “Seu efeito antioxidante é aliado da longevidade”, completa a nutricionista.

Soja

Fonte de proteínas de alto valor biológico, fibras, vitaminas do complexo B, vitamina E e minerais como ferro, cálcio, fósforo e potássio, além de isoflavonas. O consumo de soja reduz o risco de doenças do coração diabetes, osteoporose e constipação intestinal. A soja também atua na prevenção da tensão pré-menstrual (TPM) e nos sintomas da menopausa.

Chlorella

É um tipo de alga verde, que cresce em água doce, e ajuda a eliminar toxinas e metais pesados do organismo. A ingestão combate à falta de energia e fadiga crônica, além de fortalecer a imunidade.

Geleia Real


A geleia real ajuda a melhorar o funcionamento do organismo e fortalecer o sistema imunológico. Por conter antioxidantes, o alimento está relacionado ao retardo no envelhecimento, beleza e rejuvenescimento da pele. Além disso, as vitaminas do complexo B, presentes na geleia real, atuam na formação de neurônios e auxiliam no combate aos sintomas de depressão.






Fonte - Itodas




0 comentários:

Postar um comentário