segunda-feira, janeiro 30, 2017

Emanuel quer Prefeitura mais próxima da população e saúde humanizada



Durante entrevista ao Programa Ponto de Vista -TV Brasil Oeste (TBO), na noite deste domingo (30-01-17), o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, respondeu dúvidas do telespectador cuiabano, fez um balanço do primeiro mês frente ao Alencastro e destacou o desafio de administrar a Cuiabá dos 300 anos, seguindo seu principal objetivo e promessa de campanha que é  ser um gestor sensível e próximo da população.
Ele falou sobre os salários dos servidores. Garantiu não vai alterar data de pagamento da folha salário.

Esclareceu sobre a mudança da data de pagamento do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano). Conforme ele, o adiamento do vencimento, agora estabelecido para o dia 11, foi uma maneira de facilitar a vida do servidor estadual, que recebem no dia 10 de cada mês.

No que se refere a obras, Emanuel ressaltou que, desde que a nova gestão assumiu, ele e seu secretariado têm realizado uma série de vistorias, com o intuito de conhecer o real estado de cada serviço incompleto. Disse que nenhuma obra será iniciada até que as que não foram concluídas estejam finalizadas e entregues.
De acordo com o prefeito, na área da saúde atuará firmemente na retomada das obras do novo Hospital Pronto Socorro de Cuiabá. “Temos visto o caos vivido, não só por aqueles que procuram atendimento, mas também pelos servidores que sofrem com a falta de condições de trabalho. É inadmissível que a Cuiabá dos 300 anos passe por isso”, disse.
No tema segurança, o prefeito de Cuiabá afirmou que no ano de 2018, além de realizar um concurso para Guarda Municipal, irá buscar uma parceria como o programa “Jornada Voluntária”, da Polícia Militar, a fim de implantar na Capital o projeto “Anjos da Guarda”. A ação visará atuar de forma mais intensa em escolas situadas nos bairros mais violentos do município.
Também para 2018, Emanuel garantiu que irá em busca de recursos para colocar em prática um grande programa de pavimentação, contemplando toda a cidade. No entanto, o prefeito ressaltou que, enquanto o projeto não possa ser implantado, a Prefeitura trabalhará para garantir a melhor infraestrutura possível para a população.

Emanuel lembrou que, na última sexta-feira (27-01-17), a Secretaria de Obras Públicas, lançou a operação “Tapa-buraco”, que atuará com seis equipes espalhadas pelas regiões Norte, Sul, Leste e Oeste, eliminando mais de 44 mil buracos detectados na Capital. 


0 comentários:

Postar um comentário