segunda-feira, dezembro 25, 2017

Veja os caminhos da longevidade


Já imaginou viver dez anos a mais que o restante da humanidade? Pois cinco povos do planeta conhecem o caminho da longevidade. Confira!

1. Utilize pratos menores

Estudos americanos mostram que, quando ingerimos até 25% menos comida, o colesterol total e o LDL (porção ruim), o triglicérides e a pressão arterial são reduzidos e o peso fica estável. Um conselho? Coma até ficar 80% satisfeita. O povo da ilha japonesa usa pratos de 23 cm de diâmetro para ingerir até 30% menos comida – no Brasil, os pratos de porcelana possuem cerca de 26 cm

2. Reduza o sal diariamente

Em 2010, o periódico inglês New England Journal of Medicine divulgou o seguinte dado: a diminuição de 3 g de sal por dia pode evitar 44 mil mortes por ano. O cuidado previne e controla a hipertensão, que agrava a insuficiência renal e as doenças cardíacas. Dicas para reduzi-lo: abuse das ervas aromáticas, que realçam o sabor dos alimentos, e fuja dos embutidos, enlatados e congelados.

3. Cochile durante o dia

A sesta (soneca após o almoço) é um hábito na Península de Nicoya, na Costa Rica. Em outras partes do mundo, essa pausa diurna também é comum. Segundo os cientistas, a sesta melhora a saúde e nos deixa mais espertos. Num teste feito na Califórnia (EUA), um grupo dormiu 90 minutos e outro não. Após a soneca, o primeiro time pontuou bem mais numa dinâmica de aprendizagem .

4. Pense de forma positiva

A ciência já provou que ser otimista reforça o bem-estar. Isso porque nenhum órgão está separado dos nossos pensamentos – cada crença desencadeia uma resposta química que nos fortalece ou enfraquece. Para pensar positivo, medite imaginando uma paisagem inspiradora (praia, cachoeira). Sinta gratidão por tudo o que está funcionando na sua vida em vez de lembrar o que deu errado.

5. Consuma mais vitamina C

Uma única laranja tem a dose de vitamina C que o nosso corpo precisa por dia (60 miligramas). A fruta age como um catalisador no organismo, facilitando e induzindo várias reações necessárias à boa saúde: previne o câncer, afasta resfriados e, por sua ação antioxidante, ajuda a pele a se recuperar mais facilmente dos danos causados pelo sol. Outras fontes de vitamina C: batata, aspargo e pimenta.

6. Coma nozes e soja

Cerca de 25% dos adventistas de Loma Linda (EUA) comem nozes cinco vezes por semana. Com o hábito, cortaram pela metade o risco de doenças cardíacas. Uma boa cota diária? Duas unidades. Na dieta de Okinawa, no Japão, reinam o tofu e outros itens à base de soja. O grão evita males cardiovasculares – dos cerca de 1 milhão de habitantes da ilha, mais de 900 já festejaram 100 anos!

7. Prefira alimentos frescos

Se consumir itens frescos é provável que você viva mais. Os alimentos da safra, que não recebem grande quantidade de conservantes, têm mais nutrientes. Aumentar o consumo de vegetais é uma das medidas mais significativas na prevenção de males crônicos. Isso porque os alimentos naturais possuem muitos antioxidantes, fibras e gorduras boas que favorecem o perfeito funcionamento do organismo.

8. Tome banhos frios

Uma ducha em temperatura baixa faz maravilhas! Segundo os adeptos, ela aumenta a circulação, reforça o sistema imunológico, melhora o humor e revigora. Se você tem medo de água fria, comece pela morninha e vá abrindo o chuveiro. O banho frio proporciona, inclusive, uma pele mais jovem: estudo alemão revela que ele eleva os níveis de glutationa, antioxidante natural do organismo.

9. Tempere com alho

Com propriedades medicinais, esse condimento é usado desde a Antiguidade para dar sabor à comida. Melhora a circulação e a saúde do coração, diminui os níveis de colesterol, equilibra a pressão arterial e potencializa o sistema imunológico. Ou seja, é um santo remédio! Você pode consumi-lo cru e em chás ou xaropes. Mas a maneira mais gostosa é no dia a dia, como tempero na comida.

10. Invista nos integrais

Além do pão, inclua farinha, arroz, massa e outros produtos integrais na dieta. O motivo? No processo de refinamento, o germe dos grãos é retirado, o que empobrece o alimento. Portanto, os integrais reúnem muito mais nutrientes do que os refinados. O grão integral ainda possui carboidrato complexo, que demora mais para ser digerido pelo organismo, promovendo uma saciedade rápida.

11. Exercite-se e fique mais ágil

A vida moderna, que nos faz usar o carro para tudo, é um veneno para o organismo. A longevidade dos povos que não adoecem se deve ao fato de estarem sempre em movimento. Portanto, mexa-se! Atividades como cuidar do jardim ou ir à padaria a pé contam muito. Mas tente praticar um exercício ou esporte que lhe dê prazer diariamente – ele vai deixar o seu corpo ágil, alerta e saudável.

12. Seja mais sociável

Manter-se próxima da família é um dos hábitos cultivados pelas pessoas da Sardenha, na Itália, e da Ilha de Icária, na Grécia. Além dos familiares, os moradores de Loma Linda ainda possuem uma relação íntima com os amigos. O relacionamento aumenta a motivação e reduz o stress. Não sabe por onde começar a expandir o seu círculo social? Dedique-se a um trabalho voluntário ou hobbie.
Fotos: Getty Images

0 comentários:

Postar um comentário