segunda-feira, março 06, 2017

Destaques de jornais de circulação nacional - 06 de março


O Globo

Inflação de serviços deve ser a menor desde 2000
Último a resistir às consequências da recessão, setor deve ceder de vez em 2017, o que, segundo analistas, mostra que a redução dos preços é generalizada. A inflação de serviços deve fechar 2017 em 4,2%, o menor patamar dos últimos 17 anos, segundo projeção da consultoria Tendências. O resultado mostra uma forte desaceleração em relação a 2016, quando a taxa ficou em 6,48%. Desde 2005, a inflação de serviços superou o IPCA quase todos os anos. Para analistas, essa retração evidencia que a queda de preços é generalizada, o que pode incentivar o Banco Central a cortar mais rapidamente a taxa básica de juros.

Planalto entra em alerta por reforma
Prevendo dificuldade para aprovar a reforma da Previdência e sem o ministro Eliseu Padilha (Casa Civil), seu principal negociador com o Congresso, o governo montou um grupo, liderado pelo próprio presidente Michel Temer, para tentar passar a mudança constitucional. A tarefa mais complicada é aprovar a reforma com o mínimo de alterações ao texto original e, assim, consolidar os sinais de melhora da economia brasileira.

O Estado de S. Paulo
Relator no TSE vê apropriação do setor público pela Odebrecht
O grau de acesso e de domínio que o empreiteiro Marcelo Odebrecht, preso pela Operação Lava Jato, contou ter sobre as diferentes instâncias do poder no País, sugerindo uma apropriação do poder público pelo poder privado, e o valor de aproximadamente R$ 180 milhões, movimentado no esquema via caixa 2, impressionaram o ministro Herman Benjamin, relator no TSE do processo que pede a cassação da chapa Dilma-Temer. Benjamin considera os depoimentos de Odebrecht e dos dois delatores da empresa, Benedicto Barbosa Júnior e Fernando Reis, como os mais importantes entre os cerca de 50 já coletados até agora, informa Luiz Maklouf Carvalho. O ministro batizou de caixa 3, ou barriga de aluguel, a doação da empreiteira para a cervejaria Itaipava repassar, modalidade que considerou novidade no esquema de corrupção. O relator, que não dá entrevistas sobre o caso, disse a advogados, durante depoimentos de Benedicto e Reis, que é inadmissível o vazamento do interrogatório de Odebrecht.

Líderes apoiam projeto de Jucá que tira sigilo de investigações
Em meio à apreensão de novos pedidos de inquérito contra políticos na Lava Jato, líderes partidários no Senado defendem a proposta que acaba com o sigilo em investigações. De autoria do senador Romero Jucá (PMDB-RR) – alvo da operação –, o projeto é criticado por integrantes do Ministério Público. Líderes de nove bancadas (PMDB, PSDB, PT, PSB, PP, PSD, DEM, Rede e PC do B) que representam 83% do Senado foram consultados. PMDB, PT e PP se manifestaram a favor da quebra total do sigilo.

Folha de S. Paulo
Plano acelera reforma tributária no Congresso
O presidente Michel Temer encampou proposta de sua equipe econômica para apresentar uma reforma tributária fatiada em etapas ao Congresso. O objetivo é acelerar sua implementação em um momento de agenda legislativa com diversos itens. A estratégia é enviar inicialmente duas medidas provisórias para mudar as regras de contribuição do PIS e a legislação da Cofins. Com vigência imediata, serão debatidas de forma mais rápida do que se apresentadas como projetos de lei. O objetivo do governo é simplificar as regras de cobrança, mas sem alterar a carga tributária. O PIS representa 4% da arrecadação federal, e a Cofins, 16%. A reforma do ICMS, principal imposto estadual, fica para o segundo semestre. Polêmica, ela será feita por meio de uma proposta de resolução ao Senado, sugerindo reduzir as alíquotas cobradas nas operações comerciais entre os Estados. A ideia, contudo, esbarra na grave crise financeira dos governos.

Nenhum político da 1a. ‘lista do Janot’ foi julgado
A primeira “lista do Janot”, na qual o procurador-geral, Rodrigo Janot, obteve a abertura de 27 inquéritos em 2015, causou impacto político, mas pouco efeito jurídico atê aqui. Dos 50 políticos investigados, apenas 4 se tornaram réus e nenhum foi à julgamento. A PGR vê balanço positivo. A segunda lista, resultado das delações de 77 executivos da Odebrecht, deve sair nos próximos dias.

Correio Brasilense
Com graves falhas, saúde pública sofre até com infestação de piolhos
O caos na saúde pública da capital federal degringolou de tal forma o serviço que pacientes e servidores estão expostos a riscos extremos. Há falhas graves, como infestação de piolhos e baratas em centros cirúrgicos, armazenamento inadequado de medicamentos e risco nas estruturas dos prédios. A conclusão aparece no Relatório de Fiscalização de Hospitais, produzido pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), em conjunto com os conselhos regionais de Medicina, Enfermagem, Odontologia, Farmácia, Engenharia e Agronomia. O levantamento, realizado durante sete meses, fiscalizou oito hospitais da rede.

O Dia
Nos pênaltis, Fluminense derrota o Flamengo e fatura a Taça Guanabara
O Fluminense é campeão da Taça Guanabara. Em uma partida cheia de alternativas, gols e viradas, o Tricolor levou o título nos pênaltis (4 a 2), após empate por 3 a 3 no tempo normal contra o Flamengo, em duelo realizado no estádio Nilton Santos. Com o título, o Fluminense já está classificado para as semifinais do Campeonato Carioca. O Tricolor poderá jogar por um empate para chegar na decisão da competição.

Correio da Bahia
Use o FGTS inativo para ser seu próprio chefe
O sonho de ter o próprio negócio está mais próximo de ser realizado para aqueles que receberão o dinheiro da conta inativa do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Eleilson Ramos, 30 anos, abandonou o cargo de gerente de marketing em um laboratório de Feira de Santana para investir em um mercadinho no bairro de Nova Brasília, em Salvador. “Para comprar 50% da empresa, eu precisava de R$ 30 mil, mas só tinha R$ 25 mil. Quando soube que receberia R$ 5,6 mil de FGTS, fechei o negócio imediatamente”, diz. Para quem ainda não faz ideia de onde investir para abandonar o crachá de empregado, as microfranquias são uma opção segura e barata. “As microfranquias têm investimento inicial de até R$ 90 mil e normalmente são mais procuradas pelo baixo investimento e por terem maior taxa de sucesso, já que tiveram a metodologia testada”, diz Diógenes Silva, técnico da Unidade de Acesso a Mercado do Sebrae Bahia.

Diário de Pernambuco
Ministério Público Federal da Paraíba recomenda que Ministério da Integração garanta segurança em obras da transposição
O Ministério Público Federal (MPF) em Monteiro (PB) recomendou que a Secretaria de Infraestrutura Hídrica do Ministério da Integração Nacional fiscalize vazamento no reservatório Barreiro, em Sertânia (PE), ocorrido na última sexta-feira (03). A Secretaria deve elaborar laudo pericial que assegure que o vazamento não compromete a estrutura do manancial e garanta que a vazão da água que passa pelo canal da transposição não afetará as intervenções de recuperação e adequação das barragens de Poções e Camalaú, ambas na Paraíba, ainda não implementadas. O MPF estabeleceu prazo de cinco dias para que a Secretaria se manifeste acerca do acatamento da medida recomendada, sob pena de adoção das providências judiciais cabíveis. Cópias da recomendação serão enviadas para o Ministério Público Estadual, Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa), Cagepa, Dnocs, Prefeitura de Monteiro (PB), Agência Nacional das Águas (Ana), 4ª Câmara de Coordenação e Revisão do Ministério Público Federal, em Brasília, e à empresa PB Construções, responsável pela obra do “rasgo” em Poções.
Click aqui para ler  notícias da primeira página





0 comentários:

Postar um comentário