domingo, março 05, 2017

Paracetamol inibe a dor, mas também as emoções, diz pesquisa


Um estudo feito recentemente mostrou que o paracetamol (Tylenol), remédio muito usado contra a dor, também pode deixar as pessoas mais insensíveis a emoções, sejam elas positivas ou negativas. O estudo foi publicado no periódico Psychological Science. 
A pesquisa foi feita com 85 pessoas que tomaram 1.100 miligramas do remédio ou de um placebo. Horas depois, os pesquisadores apresentaram a eles 40 imagens em ordens aleatórias. As imagens podia ser agradáveis (crianças com gatinhos), neutras (rolo de macarrão sobre uma mesa) ou desagradáveis (vaso sanitário com excrementos).
Os participantes que tomaram Tylenol estavam 20 por cento menos propensos a classificar as imagens como sendo muito desagradáveis e dez por cento menos propensos a classificá-las como bastante agradáveis, comparando com os participantes que tomaram placebo.
Pesquisas anteriores sugeriram que o paracetamol reduz a dor atuando na ínsula, a parte do cérebro que influencia, entre outros, as emoções sociais.
"Não queremos dar conselhos sobre o uso do paracetamol. Essas diferenças são modestas e foram obtidas em um ambiente muito controlado. Recomendamos seguir o conselho de seu médico para o controle da dor com o Tylenol", explica o doutorando de Psicologia da Universidade Estadual de Ohio Geoffrey R.O. Durso.






0 comentários:

Postar um comentário