domingo, março 05, 2017

Verdades sobre sexo que você não vai aprender na escola



O ginásio deixa a gente com um monte de perguntas não respondidas. Em primeiro lugar, desde quando um professor de educação física é qualificado para demonstrar todos os meandros do sexo e controle de natalidade? Pois é, os bons tempos do ginásio não voltam mais – Green Day, beber escondido, vestibular…Mas nós admitimos, como listado pela Marie Claire, que há certas coisas que toda mulher gostaria de ter aprendido nas aulas de educação sexual. 



1. Nenhum cara é grande demais para usar camisinha 

A verdade é que o cara consegue colocá-la até no pulso, ou até amarrar em volta da própria cabeça, se quiser. O ponto é: se uma mulher consegue colocar numa perna inteira, um homem consegue muito bem envolver sua masculinidade com uma. 


2. A pílula não é sua única opção 

A pílula era tudo o que as mulheres podiam contar no passado. Não é de se espantar que tenha sido confundida por suas utilidades e efeitos colaterais. Mas teria sido ótimo se eles tivessem reservado um tempo pra investigar outros métodos, já que os parecidos com o DIU são mais populares hoje em dia. 


3. Fantasias sexuais estão em todo lugar 
Talvez não haveria um estigma contra o BDSM e todas as coisas que aparecem em 50 Tons de Cinza se fossemos um pouco mais bem informados sobre os diferentes tipos de preferências sexuais que as pessoas têm por aí. 

4. Kegels deixam sua vagina feliz 
Por que os exercícios de Kegel não são uma opção de educação física nas escolas, ao lado de vôlei e tênis? Músculos fortes lá embaixo podem aliviar a incontinência urinária (quando você faz xixi sem querer) além de te ajudar a cruzar a linha de chegada durante o sexo. Pode apostar: você precisa mais disso do que coordenação entre olhos e mãos. 

5. Você pode transar enquanto estiver menstruada 
Não é que você não pode, mas é que na verdade você vai se sentir estranha, o sexo vai instaurar o inferno sobre os seus lençóis e te deixar com nojo de sangue – mas a menstruação não deve ser uma barreira mensal para a sua vida sexual. Eles poderiam ter no mínimo te dado um ‘manual da usuária’ anos atrás. 

6. Mulheres podem ejacular como homens 
Essa era a parte da conversa em que os garotos eram separados das garotas em duas salas. Aposto que se a Dani Calabresa tivesse no comando, ela manteria todo mundo junto e explicaria quais são os mecanismos por trás dos seus fluidos de uma maneira, digamos, compreensível (e hilária). 

7. Existe excesso de auto prazer 
Quando se trata de ponto G, ninguém sabe apertar o botão mágico melhor do que você mesma. Mas, ao fazer isso frequentemente, você pode “dessensibilizar” seus nervos – e vai acabar achando mais difícil alcançar o clímax quando estiver com outra pessoa. 

8. Leva mais tempo pra você terminar do que ele 
O orgasmo feminino funciona como o recheio de um pirulito sortido. Pode parecer um trabalho eterno conseguir alcançar o centro delicioso, mas assim que chega lá, HMM… 

9. Vale a pena congelar seus óvulos 
Aos 17 anos, começar uma família é um pensamento improvável na sua mente – a menos que você esteja na MTV. É estranho imaginar colocar seus óvulos no gelo para não ter que se preocupar com a data de expiração deles. É claro que não são muitas pessoas que podem pagar por isso, e há muitos fatores a serem considerados – talvez você nunca queira engravidar. Mas é uma opção que você tem, e quem não gosta de ter opções? 


Por Danilo Barba / Sexo Oposto


Click aqui para ler  notícias da primeira página

0 comentários:

Postar um comentário