quarta-feira, março 15, 2017

Vitamina B pode ajudar a reduzir danos causados pela poluição



Tomar vitaminas do complexo B pode ajudar a reduzir alguns dos efeitos nocivos da poluição do ar, mostra pesquisa coordenada por Jia Zhong, da Escola de Saúde Pública Mailman, da Universidade de Columbia. O estudo revela que as vitaminas do complexo B, como o ácido fólico e as vitaminas B6 e B12, podem desempenhar papel fundamental na redução do impacto da poluição do ar sobre um tipo específico de modificação genética, que tem sido associada a doenças cardiovasculares e até mesmo ao câncer.
O estudo, feito com pesquisadores da Escola de Saúde Pública TH Chan de Harvard, na Suécia, China, Cingapura, México e Canadá, foi publicado online na revista americana Proceedings of The National Academy of Sciences.
Os pesquisadores administraram um placebo ou suplemento de vitamina B (2,5 mg de ácido fólico, 50 mg de vitamina B6 e 1 mg de vitamina B12) diariamente a cada adulto recrutado para o estudo, que incluía dez pessoas.
Para participar da intervenção, os voluntários deveriam ser não fumantes, saudáveis, de 18 a 60 anos de idade, que não estivessem tomando quaisquer medicamentos ou suplementos vitamínicos.
Os resultados mostraram que a suplementação de quatro semanas com vitamina B pode reduzir de 28% a 76% o dano causado pela exposição às partículas PM2,5, com diâmetro aerodinâmico de 2,5 ou menos.
Zhong disse à Agência Xinhua que o estudo ainda está em fase inicial e que atualmente não conseguiram recomendar a suplementação de vitaminas do complexo B.
Em vez disso, ela sugeriu manter uma dieta saudável e equilibrada, com fontes suficientes de vitaminas do complexo B.
Em geral, essa suplementação deve ser considerada com base na condição do indivíduo e em consulta com a recomendação de um médico, acrescentou.

Fonte: Agência Brasil


1 – Alimentos ricos em vitamina B1

Na lista dos alimentos que servem como fonte da vitamina B1 estão: carnes, leites, ovos, legumes, cereais integrais, feijão, grão-de-bico, presunto, vegetais folhosos de coloração verde-escura, gérmen de trigo, lentilhas, amêndoas e nozes-pecã. A recomendação é que as mulheres consumam 1,1 mg do nutriente e os homens 1,2 mg diariamente.
2 – Alimentos ricos em vitamina B2
Carnes, leites, ovos, brócolis, cereais integrais, ervilhas, amendoim, castanhas, nozes, iogurte, produtos laticínios em geral, frango, aspargo, espinafre e outros vegetais folhosos de coloração verde escura são compostos por vitamina B2.
A orientação é ingerir 1,1 mg – para as mulheres – e 1,3 mg – para os homens – de vitamina B2 a cada dia.
3 – Alimentos ricos em vitamina B3
Nesta lista entram: frutas secas, tomate, cenoura, carnes, leites, ovos, amendoim, castanha-do-pará, frango, salmão, legumes, macarrão e trigo integral. Uma mulher deve obter 14 mg de vitamina B3, enquanto um homem deve adquirir 16 mg.
4 – Alimentos ricos em vitamina B5
Para abastecer o organismo com boas doses de vitamina B5 – uma pessoa deve consumir 5 mg da substância diariamente – é preciso comer peixe, frango, ovos, leite, abacate, lentilha, batata, gérmen de trigo, cogumelo, ervilha e feijão.

5 – Alimentos ricos em vitamina B6

Alguns dos alimentos ricos em vitamina B6 são: salmão, batata, peru, abacate, frango sem pele, espinafre, banana, ameixas sexas, avelã, semente de girassol, pistache, atum cozido, lombo magro de porco, carne, couve-flor, gérmen de trigo, melão, uvas passas e melão.
Para adultos de 19 a 50 anos, a regra é ingerir 1,3 mg de vitamina B6 por dia. A partir dos 51 anos de idade, as mulheres devem consumir 1,5 mg e os homens 1,7 mg.
6 – Alimentos ricos em vitamina B7
Amendoim, nozes, tomate, gema de ovo, cenoura, alface, amêndoas, carne vermelha, leite, frutas e sementes servem como fonte de vitamina B7, cuja ingestão diária recomendada é de 30 mcg.
7 – Alimentos ricos em vitamina B9
Também conhecida pelo nome de ácido fólico ou folato, a vitamina B9 pode ser encontrada em alimentos como brócolis, couve, espinafre, lentilha, grãos, feijão ervilha, laranja e outras frutas cítricas, ovos e nabiças.
Homens e mulheres que não estejam grávidas devem consumir 400 mcg de ácido fólico por dia. Já as gestantes, que, em especial, necessitam do nutriente para a boa formação de seus bebês, podem precisar utilizar suplementos de folato, de acordo com a determinação do médico.
8 – Alimentos ricos em vitamina B12

Alguns dos alimentos que servem como boas fontes de vitamina B12 são: salmão, truta, atum, fígado, carne de porco, produtos laticínios, ovos, ostras, cereais, comidas preparadas à base de soja, mexilhões, amêijoas, caranguejos e cefalópodes (classe de moluscos que agrega os polvos e as lulas, por exemplo).

Fonte:Mundoboaforma
Click aqui para ler  notícias da primeira página

0 comentários:

Postar um comentário