segunda-feira, abril 03, 2017

Emanuel Pinheiro confirma construção do Albert Einstein em Cuiabá, com investimento de 1 bilhão de reais




Na manhã desta segunda-feira (03-04-17) o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (PMDB), reuniu a imprensa para falar sobre a programação de aniversário da cidade, que completa 298 anos. Entre as novidades para da programação de festejos, o administrador confirmou a vinda de uma filial da Sociedade Beneficente Israelita, que é dona do hospital Albert Einstein para Cuiabá. Emanuel disse que A nova unidade do hospital Albert Einstein estará em funcionamento em abril de 2019, quando a capital de Mato Grosso completa 300 anos de emancipação.

O prefeito Emanuel Pinheiro revelou que o hospital terá um investimento de R$ 1 bilhão no complexo hospitalar, com uma geração de pelo menos 1200 empregos diretos e a contratação de aproximadamente 600 médicos.

“O Albert Einstein vem para Cuiabá, vai ser outro sonho. Eu não queria nem falar agora, porque eu vou ficando alegre, vou ficando empolgado, não era nem para confirmar. A previsão de entrega é em 8 de abril de 2019. O setor de hotelaria, que é ao lado do hospital, eles não garantem entregar, mas o hospital eles garantem para os 300 anos de Cuiabá”, anunciou o prefeito.

De acordo com o prefeito, a nova unidade do Albert Einstein será instalada no Distrito do Sucuri e deverá dispor de duas torres (sendo uma de 15 andares e outra de 30), além de um pronto-atendimento de um andar, totalizando 250 leitos de alta tecnologia.


A região do Sucuri, que já conta a fábrica de bebidas da Ambev, que arrastou a cidade para aquela região, levando condomínios e de mais empreendimentos habitacionais e comerciais, vai agora experimentar um novo impulso desenvolvimentista. “A administração dos sonhos está acontecendo. Pensa no Albert Einstein da região do Sucuri, transformando a nossa cidade e fazendo de Cuiabá uma cidade referência na medicina privada. Nós estamos dando todas as condições políticas para eles virem para cá, aqui não tem embaraço, não tem burocracia, não tem nada que tire o Albert Einstein de Cuiabá”, garantiu Emanuel Pinheiro.

A sociedade beneficente israelita possui um dos melhores hospitais da América Latina, ao lado do Sírio-Libanês. Em São Paulo, a fundação israelita atua há 62 anos, administrando 22 unidades de saúde pública e outras dezenas de unidades particulares sendo, ainda, referência no tratamento do câncer.

Segundo o prefeito, a obra será lançada nos próximos meses, quando o projeto do hospital será apresentado em uma coletiva de imprensa. 


0 comentários:

Postar um comentário