segunda-feira, abril 03, 2017

Festa de aniversário de Cuiabá, além de lançamento de obras, terá shows de Zezé di Camargo & Luciano e Amado Batista



Depois de críticas e comentários sobre gastos que serão realizados com contratação de artistas de renome nacional para cantarem na festa de aniversário de Cuiabá, enquanto as ruas da cidade estão mergulhadas em buracos e lamas, Emanuel Pinheiro (PMDB), se apressou e convidou a imprensa para a apresentação da programação de aniversário e também para dizer que quem vai bancar os shows é a iniciativa privada, emenda de sua autoria e o governo do estado.
O anunciou foi na manhã desta segunda-feira (03-04-17) no auditório do sub-solo do Palácio Alencastro.
Pinheiro enumerou uma série de obras que serão lançadas e o também o programa Minha Rua Asfaltada, que prevê a pavimentação de 600 km de ruas da Capital ao longo dos quatro anos de gestão.

“No aniversário de Cuiabá vamos lançar 115 km, que já é a primeira parte, o pontapé inicial para um ousado compromisso que fiz com a população durante a campanha. Em 4 anos serão 600 km de asfalto para praticamente possibilitar pavimentar toda a nossa cidade”, disse o prefeito, durante coletiva de imprensa.

Conforme Emanuel, a festa de aniversário de Cuiabá será financiada basicamente pela iniciativa privada (R$ 330 mil), além de uma emenda parlamentar de sua autoria (R$ 170 MIL), quando ainda era deputado estadual, o governo do estado vai ajudar com R$ 180 mil e A assembleia Legislativa vai dar mais 50 mil reais. O custo total das festividades será de R$ 750 mil, faltando a prefeitura buscar mais 2º mil reais de parceiros.

“Eu fico orgulhoso em dizer que vamos realizar um grande momento festivo sem gastar um centavo de dinheiro da Prefeitura. Conseguimos patrocínios da iniciativa privada, conseguimos apoio do Governo Estadual, conseguimos a liberação de uma emenda parlamentar de minha autoria quando eu era deputado estadual e, com isso, conseguimos promover um grande evento que vai marcar o aniversário da nossa cidade”.



0 comentários:

Postar um comentário