segunda-feira, abril 17, 2017

Incra é ocupado por sem terras




Portando cartazes com dizeres de Fora Temer, Rede Globo Golpista, entre outros, cerca de 360 pessoas amparadas pelo movimento dos sem-terra ocuparam no início da manhã desta segunda-feira (17-04-17), o prédio do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), no Centro Político Administrativo (CPA), em Cuiabá. 

Os que se colocam como lideres da ocupação dizem que é para cobrar o assentamento imediato de 1 mil famílias que estão acampadas em vários pontos do Estado, em barracos de lona preta, à beira de estradas ou dentro de fazendas, sujeitas a despejo, vivendo em clima de insegurança.

Quando perguntado se nessas mil famílias estão contabilizadas as que apenas montam o barraco e voltam para suas atividades nas cidades, um líder, que não quis se identificar, disse que essa era uma pergunta de quem defende as elites e que é contra o movimento.


Os ocupantes do Incra dizem que querem também uma posição do Incra com relação à estruturação básica dos novos assentamentos, que ainda estão sem estrada, energia elétrica e água encanada. Famílias assentadas se sentem "abandonadas" pelo Estado nos locais, sem condições de construir casa ou qualquer financiamento para começar a lavoura.


Click aqui para ler  notícias da primeira página

0 comentários:

Postar um comentário