sexta-feira, abril 07, 2017

Pedro Taques fala sobre desafios aos governadores do Fórum do Brasil Central, e evolução na educação também foi apresentado aos participantes.



Anfitrião de dois eventos concomitantes de relevância nacional, o governador Pedro Taques abriu nesta sexta-feira (07-04-17) a 164ª Reunião do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), no Cenarium Rural, em Cuiabá. No mesmo local, em paralelo, ele também se reuniu com colegas do Fórum dos Governadores do Brasil Central de 2017, presidido pelo governador de Goiás, Marconi Perillo. 
Ele aproveitou para falar dos desafios dos participantes de ambas das reuniões. “Debatemos situações que são comuns entre os estados. Neste momento que o Brasil vive, uma reunião como esta trará com certeza frutos para a sociedade brasileira. No momento em que se discute a questão do endividamento dos estados, a renegociação da dívida dos estados, a reforma da previdência, enfim, mudanças estruturantes para a República, estas duas reuniões trarão contribuições de relevo para o povo brasileiro”, frisou.  
Também em discurso na abertura, Perillo chamou a atenção para os desafios enfrentados pelos Estados que podem ser solucionados a partir do debate no Confaz e no Fórum dos Governadores. “Esta é uma reunião muito emblemática. Temos a presença da secretária do Tesouro Nacional, Ana Paula Vescovi, que tratará do acordo que pretendemos celebrar para a convalidação dos incentivos fiscais e a pacificação definitiva em relação a este tema, que eu espero ser resolvido nos próximos dias, e também contamos com a presença do Marcelo Caetano, secretário Nacional de Previdência. Na minha opinião, o maior estrangulamento que temos nos estados é a questão previdenciária”. 
Mato Grosso é sede da segunda reunião do Fórum dos Governadores do Brasil Central deste ano. O objetivo é discutir os próximos passos que serão dados pelo consórcio, que visa à integração e trabalho conjunto dos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Distrito Federal, Goiás, Tocantins, Rondônia e Maranhão.
Além do governador de Mato Grosso, Pedro Taques, integram o fórum o governador de Goiás e presidente do consórcio, Marconi Perillo; Marcelo Miranda (TO); Confúcio Moura (RO); Rodrigo Rollemberg (DF) e os vice-governadores Carlos Brandão (MA) e Rose Modesto (MS).
Nesta reunião, também participam o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e o Embaixador da Holanda no Brasil, Johannes Peters.
O secretário de Estado de Educação, Esporte e Lazer, Marco Marrafon, apresentou, durante o Fórum dos Governadores do Brasil Central, o maior programa de ações e investimentos da história da educação pública de Mato Grosso, o Pró-Escolas.
O Pró-Escolas está estruturado nos eixos Ensino, Inovação, Estrutura e Esporte e Lazer. Apenas em estrutura escolar, a inciativa prevê investimentos de R$ 360 milhões, até o final de 2018.

De acordo com o secretário, por meio do projeto Conectar, foram distribuídos 1.200 tablets para, aproximadamente, 50 professores e pouco mais de 1.000 estudantes do 6º e 9º anos de três escolas estaduais, em Cuiabá. Com a tecnologia, a escola e professores poderão trabalhar listas de exercícios, organizar roteiros de trabalho, plano de aula e intervenção pedagógica.


0 comentários:

Postar um comentário