segunda-feira, abril 17, 2017

Várzea Grande inicia vacinação contra gripe H1N1


A Secretaria Municipal de Saúde de Várzea Grande deu início nesta segunda-feira (17-04-17) a vacinação contra Influenza H1N1. A Ação faz parte da 19ª Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe que é realizada em todo o Brasil entre 17 de abril e 26 de maio com o "Dia D” de mobilização marcado para 13 de maio. Em Várzea Grande, a previsão é vacinar 56.974 pessoas que integram o público alvo da Campanha.
Os grupos prioritários são compostos por crianças de 6 meses a menores de 5 anos, gestantes, puérperas até 45 dias após o parto, idosos com 60 anos ou mais, pacientes com doenças crônicas, população indígena, pessoas privadas de liberdade (reeducandos e adolescentes internados em medidas socioeducativas), funcionários do sistema penitenciário, além de profissionais da saúde e professores das Redes pública e privada.
Pelo calendário de vacinação, a primeira semana da campanha é destinada exclusivamente para imunizar os profissionais da saúde, em Várzea Grande totalizam cerca de 5 mil trabalhadores. Para os demais grupos a vacina estará disponível a partir da próxima segunda-feira (24 de abril) em 17 locais de vacinação. Os indivíduos que fazem parte dos grupos prioritários poderão procurar qualquer um dos postos de saúde, centros de saúde, Programa de Saúde da Família (PSFs) e Policlínicas de Várzea Grande. 
Conforme o superintendente de Vigilância em Saúde, Juliano Silva Melo, a meta este ano é vacinar pelo menos 90% dos grupos considerados prioritários pelo Ministério da Saúde. Ele explica que neste primeiro momento, para iniciar a campanha, o Município de Várzea Grande recebeu 7.700 doses da vacina. À medida que o estoque for sendo utilizado nos  pacientes prioritários novas doses serão encaminhadas pela Secretaria Estadual de Saúde (SES).

Também conhecida como gripe, é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório e de elevada transmissibilidade e distribuição global, com tendência a se disseminar facilmente em epidemias sazonais. A transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar. Outra forma de transmissão do vírus é através das mãos, que após tocarem em superfícies recém-contaminadas por secreções respiratórias, podem levar o agente infeccioso direto à boca, olhos e nariz.  A doença é causada pelos vírus influenza A, B e C e pode levar ao agravamento e óbito de pessoas que apresentem fatores ou condições de risco.


Click aqui para ler  notícias da primeira página

0 comentários:

Postar um comentário