sexta-feira, maio 05, 2017

Aumento de fiscalização faz reduzir índices de acidentes de trânsito em VG


As ocorrências de acidentes trânsito em Várzea Grande apresentaram queda significativa nos últimos três anos - 2014/2015/2016 - conforme dados registrados em Boletim de Acidente de Trânsito, da Secretaria de Defesa Social. 
Em 2015 os índices indicaram redução de 19% em relação a 2014. Em 2016, 12% em relação a 2015. Este ano – até o mês de março – foram registradas apenas 275 ocorrências de trânsito que representa uma queda expressiva na proporção do mesmo período dos anos anteriores.  Com essa média a redução em 2017 pode atingir 20% nas ocorrências de acidentes de trânsito.
De acordo com o secretário de Defesa Social, Alexander Torres Maia, tanto registros com danos materiais, quanto acidentes com lesões tiveram uma queda bem representativa. “Em 2014 foram registrados 1.904 casos. Em 2015, 1.547. Já em 2016 a Guarda atendeu 1.363 acidentes. No primeiro trimestre de 2017 contabilizaram cerca de 275 ocorrências. A redução nos índices são reflexos do aumento de fiscalização de trânsito na cidade, seja por pontos fixos e/ou fiscalização ostensiva, investimentos na parte operacional e aperfeiçoamento e capacitação na gestão de pessoal,  além de iluminação pública de qualidade e serviços de  sinalização de trânsito padrão em toda cidade. Também a integração das Pastas no trabalho de ordenamento urbano que faz parte do Plano Sustentável para Mobilidade Urbana”, explica o secretário. 
O secretário acrescenta ainda que pretende programar ações de tecnologia para próximos anos como câmeras de monitoramento para fiscalização de ruas, avenidas e logradouros públicos, bem como a implantação de radares e/ou controladores de velocidade onde o tráfego de veículos é mais pesado. 
O comandante da Guarda Municipal, Evandro Homero Dias, enfatiza que os locais de maiores índices de acidentes no município nos últimos quatros anos foram Avenida da FEB (com 389 casos), Avenida Filinto Muller (386), Avenida Júlio Campos (361), Avenida Ulisses Pompeo de Campos (257), Avenida Couto Magalhães (233), Avenida Alzira Santana (212), Avenida Dom Orlando Chaves (181), Avenida João Ponce de Arruda (170), Avenida 31 de Março (148), Avenida Dr. Paraná (96), e demais localidades (2.656), totalizando 5.089 casos de acidentes de trânsito sem vítimas fatais. 
“Alertamos aos condutores de veículos e motocicletas que nestes pontos críticos onde ocorreram mais acidentes que os motoristas redobrem a atenção, tenham mais prudência e cautela, pois são Avenidas de intenso fluxo com maior circulação de carros e motos, sendo os principais corredores de acesso da cidade, frisa o comandante”. 
De 2016 até março deste ano (2017), a Guarda Municipal emitiu 24.234 notificações de trânsito, perfazendo uma média mensal de 1.864 notificações aos motoristas e motociclistas infratores.
Acidentes de Trânsito:
2014 (1.904)
2015 (1.547)
2016 (1.363)
2017/até março (275)
Principais Locais de Acidentes:

Avenida da Feb (389), Avenida Filinto Muller (386), Avenida Júlio Campos (361), Avenida Ulisses Pompeo de Campos (257), Avenida Couto Magalhães (233), Avenida Alzira Santana (212), Avenida Dom Orlando Chaves (181), Avenida João Ponce de Arruda (170), Avenida 31 de Março (148), Avenida Dr. Paraná (96), e demais localidades (2.656).

Click aqui para ler  notícias da primeira página

0 comentários:

Postar um comentário