terça-feira, maio 16, 2017

Festim Diabólico, de Hitchcock, abre Ciclo 75 Anos de Cine Teatro Cuiabá


Após assassinarem um conhecido, dois amigos convidam amigos e familiares da vítima para uma festa onde a comida será servida sobre o baú que esconde o corpo do morto em “Festim Diabólico” (Rope, EUA, 1948, 83 minutos), de Alfred Hitchcock, atração dessa terça-feira, 16 de maio, às 19:00, no Cine Teatro Cuiabá.

O filme abre o Ciclo 75 Anos de Cine Teatro Cuiabá. Antes da sessão de cinema, a partir das 18:30, o pianista Arthur Scharneski fará um pot-pourri com temas musicais cinematográficos. Entrada: R$4,00 (inteira) e R$2,00 (meia). Classificação indicativa: 14 anos.

O filme dá continuidade às atividades do projeto Encontros com Cinema, realizado pelo Cine Teatro Cuiabá em parceria com a Pró-reitoria de Cultura, Extensão & Vivência (PROCEV), Faculdade de Comunicação e Artes e Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal de Mato Grosso.

Os participantes da Sessão Encontros com Cinema são estimulados a conhecer ou revisitar obras cinematográficas de cineastas prestigiados no circuito autoral e independente. Ao final de cada exibição, é estimulada a conversa sobre o filme entre os presentes.


Entre os meses de maio e junho de 2017, o Ciclo 75 Anos de Cine Teatro Cuiabá ressalta a importância que o Cine Teatro teve e deseja continuar a ter no campo da difusão cinematográfica em Cuiabá. Para tanto, além da busca por diálogos com o presente, o ciclo pretende ressaltar a dimensão autoral de filmes exibidos no Cine Teatro entre as décadas de 1940 e 1970. Mobilizada pelos 75 anos da inauguração do Cine Teatro Cuiabá, a seleção de filmes foi organizada a partir de uma pesquisa no acervo eletrônico do Jornal O Estado de Mato Grosso, disponível no site da Biblioteca Nacional.

O Cine Teatro Cuiabá foi inaugurado em 23 de maio de 1942. O prédio possui 1.182m2 de área construída, incluindo teatro com plateia para uma capacidade de 515 pessoas.
Construído em área central da cidade, na Avenida Getúlio Vargas, ao lado do antigo Grande Hotel, oportunizou grandes espetáculos cinematográficos e cênicos até fins da década de 60.


0 comentários:

Postar um comentário