quinta-feira, maio 25, 2017

Jornal diz que Pedro Taques também pode ter sido grampeado por central de arapongagem


O jornal Circuito Mato Grosso que está com a sua mais recente edição nas bancas, válida de 25 a 31 de maio, traz uma nota que chama atenção pela gravidade do fato.

Segundo o jornal, citando fontes do Judiciário,  até o governador Pedro taques e sua ex- esposa também teriam sido alvos
das escutas ilegais praticadas por uma “central de arapongagem”, que teria bisbilhotado uma boa quantidade de pessoas.

Veja a integra da nota na coluna Sobe e Desce:

“Fontes do Judiciário confidenciaram a esta colunista que mais nomes estariam grampeados na polêmica “Barriga de Aluguel”, em que deputada, médico, advogado e jornalista, dentre outros, seriam alvo de escuta ilegal. Diz uma fonte que – pasmem! – o governador Pedro Taques e sua ex-esposa, Samira Martins, também estariam na polemica lista. Caso a informação seja confirmada, muda o rumo dos ventos e das investigações em andamento... Aguardemos”.

Temos que aguardar e, se isso realmente se confirmar, a situação fica ainda mais grave, já que a maior autoridade estadual, o governador, também teve suas conversas xeretadas por sabe lá quem e com quais objetivos. O trem está ganhando contornos gigantescos.

Por enquanto, o Palácio Paiaguás não pretende emitir nenhuma nota ou opinião sobre essas novidades. O Gabinete de Comunicação diz que vai aguardar para, se for necessário,  no momento adequado se manifestar.


0 comentários:

Postar um comentário