terça-feira, maio 23, 2017

Parabéns Livramento pelos seus 287 anos * Silmar de Souza Gonçalves


Nossa Senhora do Livramento completou neste domingo (21 de maio) 287 anos de criação. Isto nos obriga a fazer uma reflexão sobre o seu passado, a sua história, para que possamos entender o seu presente e remeter há um futuro que almejamos. Nosso município possui identidade própria, é um dos mais ricos acervos históricos da cultura de Mato Grosso. Esta terra querida surge no esplendor do ouro a partir do século XVIII, quando dois sorocabanos; Antonio Aires e Damião Rodrigues atravessaram o Rio Cuiabá e fazem uma caminhada de cerca de 30 km, e descobrem ouro nos rêgos, riachos e ribeirão desta região, inicialmente, conhecida como Cocais.

A noticia se espalhou e ali foram se instalando os trabalhadores na busca do metal precioso, e esse processo de conglomeração se deu o nascimento desse pedacinho de céu, como diz um amigo livramentense: Outro dia ah....Livramento de açúcar...que num processo de bullying, nos chamavam de papa bananas, que com sapiência e humor adotamos o estigma como um apelido e referência positiva da nossa cultura e nossos valores.

Conta-se que durante uma viagem, ainda no começo do século XIX, que a imagem de Nossa Senhora do Livramento passava pelo povoado de São José dos Cocais (antigo nome de Livramento), vinda de Portugal, carregada em cima do lombo de um burro com destino à Vila Bela da Santíssima Trindade, a comitiva parou para descansar e na saída o animal que carregava a imagem da Santa empacou, não queria mais sair do lugar, ao tirar a carga do burro onde estava a imagem da Santa, o animal andava, colocava a carga; o animal empacava, não saia do lugar e após varias tentativas a comitiva decidiu deixar a imagem da Santa no local onde construiu uma capela para abrigar a imagem da Santa Nossa Senhora do Livramento, local onde hoje está a Igreja de Nossa Senhora do Livramento. Dai pra frente o lugar se tornou parada e pouso obrigatório para tropas descansarem de suas viagens.

Em 21 de agosto de 1835, através da Lei Provincial foi criado o distrito de Livramento e, em 19 de maio de 1883, através da Lei nº 598, foi criado o município denominado de Nossa Senhora do Livramento. O povo livramentense respeita a diversidade religiosa, mas mantém acessa a chama da tradição secular. O lugar é rico em folclore e a “Dança do Congo” é uma referencia na cultura, praticada por mais de dois séculos pelos moradores da região que demonstram o apego às suas raízes.

No bojo de sua histórica busca fazer uma referência antropológica especial aos povos indígenas denominados “beripoconé”, o qual ainda tem uma divida histórica a se cumprir nos dias modernos. Economicamente, o município destaca-se pela mineração do ouro, pecuária de cria e recria, corte, produção de leite e nos últimos anos, o desenvolvimento da piscicultura tem representado destaque no cenário mato-grossense com uma realidade de 1.465 hectares de água para a produção de pescado em cativeiro, num universo de aproximadamente 15 milhões de peixe. Na agricultura de subsistência estamos consolidando parcerias na implementação de novas tecnologias no sentido de dar respostas a grande demanda de criar ambiência para que nossos conterrâneos tenham as condições ideais para viver no campo, com qualidade de vida, buscando cumprir o legado de: “Deus é meu guia e a terra meu sustento.”

Ainda que tenhamos consciência das dificuldades socioeconômicas que estamos vivendo nos dias atuais, e isso consequentemente, tem alterado o dia a dia do município, pois estamos conscientes do potencial humano que temos para o trabalho. Não tenho cisma de afirmar que a qualidades e o empenho de todos livramentenses de nascimento ou por adoção, será o vetor diferenciador para enfrentarmos essas dificuldades que a realidade nos impõe. Manteremos essa garra de fazer bem feito e o respeito a coisa publica com transparência e responsabilidade no compromisso com a democracia e sentimento republicano rumo ao bem estar  social. Viva a vida Livramento.


Silmar de Souza Gonçalves é prefeito de Nossa Senhora do Livramento/MT

0 comentários:

Postar um comentário