sexta-feira, junho 30, 2017

13 pessoas são alvo de operação do Gaeco


Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), composto por membros do Ministério Público, Polícia Civil e Polícia Militar, realiza nesta sexta-feira (30-06-17) operação para dar cumprimento a 13 mandados de condução coercitiva e busca e apreensão, todos expedidos pela Vara Especializada do Crime Organizado da Capital.
A operação do Gaeco tem a finalidade de desarticular uma organização criminosa montada pela Fundação de Apoio ao Ensino Superior Público Estadual (Faespe) para desviar recursos  públicos. A Faespe tinha contratos com vários órgãos públicos, entre elas a Assembleia Legislativa, Tribunal de Contas do Estado (TCE), Prefeitura de Rondonópolis e Secretaria de Estado de Infraestrutura.
De 2011 até agora, a Faespe recebeu mais de R$ 70 milhões em contratos com essas instituições.
Entre as 13 pessoas alvos dos mandados, estão servidores do Tribunal de Contas e da Assembleia Legislativa, bem como funcionários do Sicoob e Fespe.

No dia 20 deste mês (junho) foi realizada a primeira fase da operação, quando fora cumpridos 11 mandados de prisão temporária, 16 ordens de buscas e apreensões e 4 conduções coercitivas. 

0 comentários:

Postar um comentário