quinta-feira, junho 22, 2017

DEM se oferece para abrigar parlamentares insatisfeitos com Valtenir na presidência PSB em MT


O Democratas (DEM), através de seu presidente nacional, senador José Agripino, se ofereceu para acolher os deputados e lideranças que discordam da maneira como a executiva nacional do PSB agiu para colocar o ex-pemedebista Valtenir Pereira no comando do partido em Mato Grosso.

Além de Agripino, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, convidaram os deputados federais Fabio Garcia (PSB) e Adilton Sachetti (PSB) a se filiarem ao partido.

Os dois deputado de Mato Grosso foram retirados do comando do PSB no estado, pelo presidente nacional da agremiação, Carlos Siqueira, após Fábio Garcia votar favorável à reforma trabalhista de Michel Temer (PMDB). Vale lembrar que Valtenir também deu voto a favor da reforma.

Além dos dois federais do PSB, o convite de Agripino e Maia se estende aos quatro deputados estaduais do partido e outras lideranças, como ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes.

A iniciativa foi confirmada e avalizada pelo presidente regional do DEM, deputado Dilmar Dal’ Bosco. “Conversei com o presidente nacional, que me perguntou se teria algum problema. Eu disse que não, até porque partido é bom quando se tem lideranças. Quanto mais lideranças, melhor”, disse Dilmar.

O deputado disse, inclusive, estar disposto a ceder o posto de presidente do DEM em Mato Grosso para os novos convidados. Dilmar disse que o sinal verde também foi dado pelos ex-governadores Jayme e Júlio Campos, que são lideranças históricas do DEM no estado.


Os líderes do PSB mato-grossenses ainda não disseram se aceitam o convite, mas o chamamento foi fito e aguarda por uma sinalização. Porém, os membros do PSB ainda avaliam meios de tirar Valtenir Pereira do comando do PSB.


1 comentários:

Não tem pra ninguém! Só da Valtenir na boca do povo! Deputado trabalhador! Nosso futuro senador!

Postar um comentário