quarta-feira, junho 21, 2017

Governo do Estado e TJ firmam convênio para criação de vagas no sistema prisional


Representantes do Tribunal de Justiça e do Poder Executivo do Estado estiveram reunidos ontem (20-06-17) para discutir a efetivação de Termo de Cooperação que visa a ampliação de vagas no sistema penitenciário de Mato Grosso. Para isso o governo entrará com o aporte financeiro de R$ 1,5 milhão e o Poder Judiciário, com apoio do Ministério Público do Estado (MPE), organizará a mão de obra que será disponibilizada pelos próprios reeducandos para a construção de aproximadamente 500 vagas.

Na reunião, o desembargador Gilberto Giraldeli pontuou que a parceria tem o objetivo de minimizar a taxa de superlotação do sistema carcerário. “Temos hoje cerca de 11.500 presos em todo o Estado. Então, a perspectiva de ampliação de outras 500 vagas tem o objetivo de amenizar essa situação.


Essas estruturas serão construídas de forma mais humanizadas, com mais ventilação natural e luz. Sabemos que o grande desafio do sistema prisional é o numero de vagas, por isso buscamos alternativas eficientes para resolver. Um dos caminhos foi a utilização da mão de obra, liberada e fiscalizada pelo próprio Conselho da Comunidade, dos presos”, informou.


0 comentários:

Postar um comentário