sexta-feira, junho 30, 2017

Pedro Taques dá posse ao novo comandante geral da Polícia Militar de Mato Grosso


O governador do estado, Pedro Taques (PSDB), deu posse na noite de ontem (quinta-feira 29-06-17) ao coronel PM Marcos Vieira da Cunha no comando da Polícia Militar do Estado de Mato Grosso. Ele em substituição ao coronel Jorge Luiz de Magalhães. A cerimônia de troca de comando foi realizada na sede do Comando Geral, em Cuiabá.
Marcos Cunha tem 44 anos, sendo que 25 deles dedicados à Polícia Militar. Ele ingressou na instituição como soldado e fez carreira até chegar ao posto de coronel, em setembro de 2016. Durante 19 anos, o coronel Marcos Vieira da Cunha atuou no interior do Estado.
“Recebi do governador Pedro Taques o compromisso de levar sensação de segurança à população e dar continuidade a filosofia da polícia militar de trabalhar de forma integrada com as forças de segurança, o que tem contribuído para alcançarmos índices históricos”, afirmou o novo comandante.
Ao deixar o comando, o coronel Jorge Luiz falou sobre o desafio de atuar na segurança pública e das mudanças que refletiram no dia a dia dos cidadãos que vivem no Estado.
“Sonhei um dia ser servidor público, ter instabilidade e ser promovido ao posto de coronel. Deus me fez ir ainda mais longe me tornando comandante geral da PM. Neste período, procurei viver intensamente a função e quero deixar meus sinceros agradecimentos ao governo pela confiança depositada em mim e pelos investimentos feitos na inclusão de novos policiais, aquisição de armamento e reforço no serviço de inteligência”, pontuou o coronel.
Às 16h desta sexta-feira (30-06-17), no Comando Geral, tomam posse os secretários adjuntos. O coronel Paulo Serbija assume o cargo de sub-comandante geral da Polícia Militar. Já a coordenadoria operacional será ocupada pelo coronel PM Jonildo Assis, que atuava como comandante do Grupamento Especial de Fronteira (Gefron).
O tenente-coronel PM José Nildo Silva de Oliveira, que era comandante do Batalhão de Operações Especiais (Bope), passa a comandar o Gefron e o tenente-coronel Ronaldo Roque passa a comandar o Bope.

O secretário adjunto de Inteligência da Secretaria de Estado de Segurança Pública, Gustavo Garcia, acumulará por ora o cargo de secretário adjunto de Integração Operacional até que um coronel da PM seja designado para a função.

0 comentários:

Postar um comentário