quinta-feira, junho 15, 2017

Prefeitura de Várzea Grande reforça ação em obras no grande Cristo Rei


A prefeitura de Várzea Grande, por meio da Administração Regional do Cristo Rei, está desde maio intensificando ações e a prestação de serviços no bairro, que concentra atualmente a maior população do Município, cerca de 100 mil habitantes. Os serviços focam a limpeza de ruas, avenidas, córregos e terrenos baldios, como a restauração da malha viária, seja com tapa-buracos ou recapeamento. Mais de uma dezena de bairros, localizados dentro do Grande Cristo Rei, estão recebendo os serviços de melhoria de forma simultânea.

O vice-prefeito e responsável pela gestão da Administração Regional do Cristo Rei, José Hazama, explica que a comunicação e a interação entre as secretarias de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana, Viação, Obras e Urbanismo e a própria Administração Regional, tem possibilitado uma atuação constante e que chega a locais distantes do centro do Cristo Rei. “Remoção de lixo, recape, tapa buraco, são ações essenciais para a melhoria da qualidade de vida para qualquer cidadão, no entanto, havia bairros com mais de 12 anos que não recebia um mutirão de limpeza proporcionado pelo Poder Público”.

Bairros como Cohab 8 de Março, Vila Boa Esperança, Flor do Ipê, Jardim União, Santa Luzia, Unipark, Jardim Vasconcelos, Maringá I e II e Altos da Boa Vista, estão na rota da prestação de serviços, que como pontua o vice-prefeito, vai além de ações e serviços. “Somente em maio, 366 notificações foram realizadas pelos fiscais de Postura, para melhoria da mobilidade urbana, especialmente na área comercial de cada localidade, bem como na manutenção da limpeza de terrenos baldios”, pontua o vice-prefeito, José Hazama.


No Flor do Ipê, o vice-prefeito conta que em apenas uma área verde do local, foram retirados 50 caminhões de entulho. Benedito Ribeiro da Silva, morador há oito anos do bairro, conta que a vista em frente a sua casa era de um verdadeiro matagal. “Ali tinha de tudo, lixo, entulho, bichos mortos, animais peçonhentos e muita insegura. A rua ‘H’ era esquecida pela gestão pública, mas agora esta limpa, com meio fio pintado e matagal”.

0 comentários:

Postar um comentário