quinta-feira, junho 15, 2017

Valtenir pode implodir o PSB em Mato Grosso?


De uma hora para outra o Partido Socialista Brasileiro (PSB) coloca goela abaixo de seus filiados o deputado federal Valtenir Pereira. O parlamentar assinou ficha de filiação ao PSB, ontem (quarta-feira 14-06-17), em Brasília, em um ato com a presença do presidente nacional do partido, Carlos Siqueira. Ele vai à presidência do partido no Estado.
O ex-prefeito Mauro Mendes, um dos maiores expoentes do PSB, classificou, em nota aos filiados e à imprensa, como “lamentável e vergonhosa” a decisão da cúpula.
Pessoas ligadas ao ex-prefeito de Cuiabá dizem que depois dessa “molecagem” o partido tende a rachar no estado, sendo que a parte maior e com peso político deve deixar as fileiras da agremiação.
Em uma ordem natural, Mauro Mendes, segundo esses socialistas, seria o nome ideal e com poder de fortalecer o PSB em todo o estado. Vale lembrar que tudo isso está se dando porque a direção nacional destituiu o deputado federal Fábio Garcia, após votar a favor da reforma proposta pelo Governo federal, transgredindo a orientação do partido, que decidiu voto fechado de sua bancada contra a reforma.
Mauro questiona se a decisão do presidente nacional "é uma incoerência ou uma mentira" e pergunta "onde está a vergonha na cara e o respeito com quem faz um trabalho sério”?
Depois de passar pelos braços do PT, PSB – onde foi presidente por duas vezes da executiva estadual - e ainda do PROS e do PMDB, agora volta aos colos da agremiação socialista. Vale recordar que Valtenir assinou no dia 09 de março de 2016 a sua ficha de filiação ao PMDB para disputar a prefeitura de Cuiabá, quando teria pela frente , como concorrente, o então candidato a reeleição, ex-prefeito Mauro Mendes (PSB). Naquela ocasião, Valtenir encarnou o espirito de adversário e começou a atirar para todos os lados, no que via e no que não via, numa clara tentativa de reduzir o alto nível de aceitação do seu então futuro adversário.
O tempo passou, Valtenir falou demais e nada surtiu efeito. Sobrou pra ele apenas desgastes e rusgas que não serão fáceis de serem amenizadas. Como Valtenir não deslanchou, e o PMDB viu que sua vaca estava indo para o brejo, os caciques pemedebistas resolveram mexer nas pedras de seu tabuleiro e puxaram o tapete do então “falastrão” e deu a candidatura ao hoje prefeito Emanuel Pinheiro.

Leia nota na íntegra da nota emitida por Mauro Mendes:

"Prezados Membros do PSB
  
LAMENTÁVEL e VERGONHOSO!!!!!

São exatamente estas as poucas palavras que me vieram para definir o sentimento que tive, quando fui informado da decisão do Pres. Carlos Siqueira de filiar o Deputado Valtenir Pereira novamente ao PSB e depois entregar a ele a Presidencia do diretório estadual em MT.

Valtenir abandonou o partido em 2013, sem dar satisfação a ninguém, levando a época todos os prefeitos, exceto eu, que era o prefeito de Cuiabá. Deixou inúmeros problemas e um PSB arrasado.
Durante a sua estada na Executiva Estadual, procurou construir um partido para si e não para cumprir sua função política, social e sem nenhuma aderência aos conceitos que aprendemos com nosso líder Eduardo Campos e com todos os que fizeram a sua bela história.

Depois de muito trabalho, reconstruímos o PSB-MT e elegemos em 2014 02 dep. Federais, 04 dep. Estaduais, e em 2016, 17 prefeitos e centenas de Vereadores. Nunca em sua história o PSB teve tamanha representatividade em nosso Estado.

Recentemente fomos surpreendidos com a decisão de Carlos Siqueira de substituir o Dep. Fabio Garcia da presidência estadual do PSB-MT, sob alegação de que ele teria votado contra uma decisão da executiva nacional na reforma Trabalhista. Porém, de forma equivocada e arbitrária, ele destitui a todos os membros e inclusive a mim, que ajudei a reconstruir o partido no estado. Faltou respeito, gratidão e seriedade nesta decisão. Se ele fez conosco, um dia poderá fazer com qualquer filiado, em qualquer estado.

Se o motivo de tirar o Dep. Fabio da presidência do PSB-MT foi ele ter votado a favor da reforma trabalhista, contrariando a executiva, porque chamar o deputado Valtenir, que traiu e abandonou o PSB, para novamente filiar e entregar a ele o diretório estadual, se Valtenir também votou a favor da aprovação desta matéria na Câmara!!! Já ouvi dentro do PSB nacional adjetivos negativos muito fortes sobre o caráter e o comportamento deste deputado.

O que Mudou?? Onde está a vergonha na cara e o respeito com quem faz um trabalho sério??

UMA INCOERRÊNCIA OU UMA MENTIRA??? QUAL SERÁ A VERDADEIRA INTENÇÃO???

A LUTA CONTINUA!!!!"

Mauro Mendes

Membro da Executiva Nacional

Filiado ao PSB-MT



0 comentários:

Postar um comentário