sábado, julho 15, 2017

Café de manhã pretende reunir neste domingo ciclistas para discutir sobre mobilidade urbana


Um café da manhã organizado pelo vereador Abilio Junior (PSC) pretende reunir, neste domingo (16-07-17),cerca 100 ciclistas, na praça do Centro Geodésico da América do Sul, anexo à Câmara de Vereadores de Cuiabá.

O evento, segundo o vereador, tem como objetivo discutir sobre mobilidade urbana e projetos voltados para a cidade que afetam diretamente o cotidiano das pessoas que utilizam a bicicleta como meio de transporte, esporte e lazer.

“Cuiabá é uma cidade que caminha para os 300 anos. Dentro desse contexto, buscamos debater alguns projetos que a Prefeitura de Cuiabá tem idealizado para a cidade como, recuperação das ciclovias existentes, Plano Municipal de Mobilidade Urbana, Plano Cicloviário, que consiste do uso compartilhado entre os ciclistas das faixas exclusivas para ônibus e vários outros”, explica Abilio.

Para o presidente da Associação Mato-grossense de Bikes, Fabian Martinelli, ter um vereador engajado nos assuntos de mobilidade urbana é bastante importante, por promover ações e políticas públicas voltadas para o público adepto ao ciclismo, como defesa da conservação das ciclovias e ciclo faixas existentes na cidade e construção de outras.

“O vereador Abilio, além de ser arquiteto e urbanista, é uma pessoa que vive no meio ciclístico. Ele acaba tendo um olhar mais técnico e crítico, sabendo quais as necessidades daqueles que utilizam a bike como meio de transporte ou mesmo de lazer. E ter uma pessoa com esse perfil é muito importante para gente, que luta por melhorias na cidade que atendam a essas necessidades”, diz Fabian.

De acordo com Abilio, além de debater sobre os projetos, o café da manhã também visa ouvir os ciclistas sobre as melhorias que podem ser feitas na cidade para o uso adequado das bicicletas, de maneira que mais pessoas possam utilizar esse meio de transporte. Pois, segundo ele, a Capital do Estado é uma das que possui a menor faixa de ciclovias do País, com aproximadamente 100km de extensão, distribuídos em seis áreas da cidade.

Conforme um estudo feito pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Cuiabá possui, atualmente, 14 mil ciclistas. “São milhares de trabalhadores, estudantes, atletas e amantes da prática de pedalar que usam a bicicleta como meio de transporte, seja para lazer, seja para por esporte ou mesmo como para deslocar diariamente para seu trabalho, escola ou faculdade”, fala a integrante do Movimento ‘Ciclovia já’, Marli Spolidoro Albano.


 “A bicicleta é um meio de transporte que não polui e contribui para a qualidade de vida das pessoas adeptas à prática de pedalar. E hoje, a realidade que encontramos das nossas ciclovias e ciclo faixas é de extremo abandono, sem manutenção e condições de segurança para quem passam por ela”, diz Marli.

Assessoria/Vereador Abilio Junior (PSC)

 

0 comentários:

Postar um comentário