segunda-feira, julho 03, 2017

Circuito de Melhoramento Genético traz novidades científicas para pecuária durante Fórum das Cadeias Produtivas


O melhoramento genético é um fator primordial para o aumento de produtividade no campo. Nos dias 11 e 12 de julho, pecuaristas terão oportunidade de conhecer o que há de mais moderno em pesquisas que melhoram o desempenho do rebanho e que atraí mais rentabilidade no campo.

Trata-se da etapa Cuiabá do Circuito Genética Mato Grosso (Genapec), edição 2017 – que será promovida durante o Fórum das cadeias Produtivas, mesmo período da 53ª Expoagro. A Genapec é uma realização da Nelore Mato Grosso, do Fundo de apoio ao desenvolvimento da bovinocultura (FABOV) e da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat).

O diretor-técnico da Acrimat, Francisco de Sales Manzi, explica que o investimento em genética é fundamental para a evolução em produtividade na pecuária. “O melhoramento genético é o investimento de melhor custo benefício para qualquer propriedade. Ele cabe em qualquer sistema produtivo, desde o mais conservador até os mais arrojados. A Genapec, em sua segunda edição em Cuiabá e já presente em várias praças do estado como Sinop, Juara e Rondonópolis vem recheada de inovações, palestras e orientações”.

Conforme explica o presidente do Sindicato Rural de Cuiabá, Jorge Pires, os principais benefícios do melhoramento genético de bovinos de corte é a rentabilidade econômica que se dá sobre vários fatores. “Umas das garantias é o aumento de arrobas produzidas por hectare, o que representa melhor aproveitamento de área a partir da maximização da produtividade”.


De acordo o diretor do Sindicato Rural de Cuiabá, Luiz Carlos Alécio, em Mato Grosso existem fazendas cuja média de produtividade é de um único animal por hectare, isso em locais onde não há o uso de melhoramento genético. “Há também fazendas onde existe uma média de produtividade de seis animais por hectare, que é resultado de um manejo aprimorado com auxílio do melhoramento genético”, explicou.

0 comentários:

Postar um comentário