sábado, julho 22, 2017

UPA IPASE completa um ano de funcionamento com mais de 111 mil pacientes atendidos


A UPA IPASE, inaugurada em 22 de junho de 2016, atinge a histórica marca de 111.489 pessoas atendidas, uma média de 10.760 pacientes receberam um ou mais procedimentos médicos durante os últimos 365 dias, lembrando que essa unidade de saúde foi a segunda em Várzea Grande a funcionar 24 horas por dias.
Segundo a assessoria da prefeita, nos quatro primeiros meses deste ano de 2017, os investimentos em saúde pública consumiram 28% das receitas correntes, quanto a previsão da lei é de que a Saúde tem que receber 15% das receitas arrecadadas pela administração municipal.
“Falar que vamos conseguir debelar todos os problemas existentes na saúde seria enganar a população, mas reafirmo que somos determinados e empenhados na busca de soluções que atendam e promovam uma saúde de resultados para todos aqueles que necessitam”, disse a prefeita Lucimar Sacre de Campos. 
Ela considerou como exemplar o funcionamento e o atendimento da UPA IPASE, reafirmou compromisso de iniciar ainda neste ano e entregar em 2018 às obras da UPA Cristo Rei que será a terceira unidade de Várzea Grande a funcionar 24 horas todos os dias, além de outras 07 Unidades Básicas de Saúde – UBS que deixaram de ser entregues na gestão passada e que serão entregues até 2020. 
Lucimar Sacre de Campos reafirmou ainda a entrega das obras de 20 leitos de UTI do Hospital e Pronto Socorro, o novo Centro Cirúrgico com três salas e a Rede Cegonha com outros três centros cirúrgicos para efetivamente permitir que entre 150 e 200 crianças possam nascer em Várzea Grande. 
 “Para se ter uma noção, saímos de 20% de cobertura na Atenção Básica para 42,79%, um crescimento de mais de 100%, sendo que a Atenção Básica é essencial, pois são os atendimentos que podem ser feitos nas unidades de saúde sem a necessidade de se ir ao Hospital e Pronto Socorro Municipal e a UPA IPASE”, disse a prefeita Lucimar.

O secretário de Saúde, Diógenes Marcondes reafirmou que as unidades de Atenção Básica foram dotadas de insumos e servidores para prestarem serviços que anteriormente não eram prestados, como vacinação, suturas, curativos, consultas, enfim tudo que uma unidade necessita para os primeiros atendimentos, evitando assim que as pessoas procurem o Hospital e Pronto Socorro e a UPA IPASE que ficam para atendimentos de urgência e emergência.  

 

0 comentários:

Postar um comentário