terça-feira, agosto 01, 2017

Apreensões de drogas aumentam 21% no primeiro semestre de 2017


O compartimento falso instalado em um veículo não evitou que os policiais do Grupo Especial de Fronteira (Gefron) apreendessem 42 quilos de substância análoga à cocaína. A droga era transportada por duas pessoas que viajavam pela MT-265, em Porto Esperidião (325 km a Sudoeste de Cuiabá).
O entorpecente foi localizado após minuciosa revista no automóvel, que identificou o local do esconderijo da droga, conhecido entre os traficantes como mocó. Uma pessoa foi presa e a outra fugiu. A apreensão ocorreu no dia 15 de maio. 
Esta foi uma das inúmeras apreensões realizadas pela Polícia Militar (PM-MT), Polícia Judiciária Civil (PJC) e Gefron no primeiro semestre deste ano. Além do trabalho integrado com outras instituições de segurança, como Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal (PRF), no combate ao tráfico de droga.
A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) registrou, de janeiro a junho de 2017, um aumento de 21% nas apreensões em Mato Grosso, se comparado ao mesmo período do ano passado. De janeiro a junho, foram apreendidas 6,7 toneladas, enquanto no mesmo período de 2016 foram 5,5 toneladas. Os dados são da Coordenadoria de Estatística e Análise Criminal da Sesp.
A maconha foi a droga mais apreendida neste período. No primeiro semestre deste ano, foram apreendidos 3.235,28 mil quilos de maconha, enquanto em 2016, foram 1.601,08 mil quilos. A quantia representa um aumento de 102%, comparando os dois períodos.

Além da maconha, as instituições de Segurança Pública apreenderam ainda 1,8 tonelada de cocaína e 1,6 tonelada de pasta base, também no primeiro semestre.

 

0 comentários:

Postar um comentário