quinta-feira, agosto 03, 2017

Dos oito, sete deputados de Mato Grosso votaram a favor de Temer


Dos oito representantes de Mato Grosso na Câmara dos Deputados, sete votaram a favor do parecer que recomendava a rejeição da denúncia contra o presidente da República Michel Temer (PMDB), acusado pelo crime de corrupção passiva no âmbito da Operação Lava Jato.
A sessão aconteceu na noite desta segunda-feira (02-08-17) e os deputados votaram contra o parecer da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) que recomendava a rejeição da denúncia oferecida pelo Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot.
Temer é acusado de ter usado o ex-deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) para receber vantagens indevidas do empresário Joesley Batista, dono da JBS. O áudio da conversa gravada pelo empresário com o presidente é uma das provas usadas pela procuradoria.
Foram a favor do arquivamento da denúncia os deputados Adilton Sachetti (PSB), Carlos Bezerra (PMDB), Ezequiel Fonseca (PP), Fabio Garcia (PSB), Nilson Leitão (PSDB), Victório Galli (PSC) e Rogério Silva, em substituição ao deputado Valtenir Pereira que está licenciado.
Apenas o deputado Ságuas Moraes (PT) votou pela admissibilidade da denúncia a fim de que haja o prosseguimento da acusação no Supremo Tribunal Federal (STF) e que sejam autorizadas as investigações contra o presidente. Caso a denúncia fosse aceita, Temer seria imediatamente afastamento do Palácio do Planalto pelo prazo de 180 dias.

Na votação, a denúncia da Procuradoria Geral da República foi rejeitada por 263 votos a 227.
 

0 comentários:

Postar um comentário