sexta-feira, agosto 18, 2017

Grupo de Fábio Garcia ainda não definiu sobre saída do PSB


Os descontentes com as manobras do diretório nacional do Partido Socialista Brasileiro (PSB), aliados do ex-presidente do partido em Mato Grosso, deputado federal Fábio Garcia, ainda não definiram o destino a ser seguido. A afirmação partiu do próprio Garcia, dizendo que o grupo político destituído do comando da sigla no Estado ainda não se decidiu sobre a migração para outra legenda. O parlamentar foi cobrado pelo deputado estadual Mauro Savi (PSB) para que abra o diálogo junto as lideranças municipais que pretendem acompanhar o grupo caso deixem o PSB.
Fábio disse que o seu esforço é para construir uma solução que possa abrigar todo o grupo político. “Continuo lutando pelo partido que foi o que prometi quando nos reunimos, tenho dialogado com os deputados estaduais, e eu quero ver quais as possibilidades que a gente tem e no momento que eu tiver isso mais consolidado eu quero colocar na mesa para o nosso grupo político como um todo para que seja tomada a decisão em conjunto. Não deixaremos ninguém para trás’, disse o parlamentar.
Lembrando que essa situação de balburdia no PSB começou quando Garcia votou contra a orientação da direção nacional do PSB durante a apreciação da Reforma Trabalhista na Câmara de Deputados. O parlamentar e todos os gestores da legenda no Estado foram destituídos e o deputado Valtenir Pereira que era do PMDB - chegou a ser colocado como pré-candidato a prefeito deste partido e como não ‘decolou’ foi substituído pelo Emanuel Pinheiro. Ai Valtenir se desfiliou da sigla comandada por Carlos Bezerra e pulou para o PSB, tendo como prêmio o comando da agremiação no estado.
O deputado estadual Eduardo Botelho (PSB) vem afirmando que o grupo já está fechado para ir ao DEM, outros líderes afirmam que o PP pode ser uma opção. Já Fabio ressalta que não há nada definido.
 

0 comentários:

Postar um comentário