quarta-feira, agosto 02, 2017

Por unanimidade a justiça de MT determina transferência de João Arcanjo para Cuiabá


Por unanimidade, a Primeira Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) determinou a imediata transferência do ex-bicheiro João Arcanjo Ribeiro para a Penitenciária Central do Estado (PCE), em Cuiabá. A decisão foi tomada nesta terça-feira (1º-08-17).
João Arcanjo é acusado de liderar uma organização criminosa em Mato Grosso, o ex-bicheiro está preso desde março de 2016 na Penitenciária Federal de Mossoró (RN). Ele deveria permanecer mais um ano na unidade conforme decisão da 2ª Vara Criminal da Comarca de Cuiabá que concedeu a prorrogação da pena em prisão federal.
A defesa de João Arcanjo pediu o retorno do cliente à Cuiabá, alegando que não existem fatos concretos quanto à periculosidade do ex-bicheiro.
O advogado Paulo Fabriny relatou que o retorno de Arcanjo não o colocará mais próximo dos seus comparsas e tampouco do presidiário Célio Alves, ex-policial militar e seu ex-capanga, considerado seu “braço direito”. Já no que se refere à superlotação da Penitenciária Central do Estado, a defesa pontuou que “esta é uma realidade nacional e não apenas do sistema carcerário do Estado de Mato Grosso”.

Por fim, a defesa alegou ainda que, ao retornar para Cuiabá, Arcanjo não vai correr risco quanto à integridade física já que manejou pedido de progressão de regime e que “possivelmente não será necessária sua permanência na prisão estadual”.
 
Click aqui para ver matérias na página inicial 

0 comentários:

Postar um comentário