sábado, setembro 30, 2017

Governo prorroga período proibitivo para as queimadas no Estado


Em razão das condições climáticas, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) decidiu que o período proibitivo para as queimadas em Mato Grosso foi prorrogado até 15 de outubro. A proibição que se iniciou no dia 15 de julho, por meio do Decreto 1.092, e terminaria neste sábado (30-09-17). Um novo decreto será publicado estendendo a proibição até 15 de outubro.
Segundo a Sema, foi levado em conta na decisão a escassez de chuva e a baixa umidade relativa do ar em grande parte dos 141 municípios de Mato Grosso. Alguns estão a mais de 60 dias sem chuva o que potencializa o risco do fogo.
Mesmo aumentando em 7 vezes o volume de recurso investido no combate às queimadas, cerca de R$ 3 milhões, de 1° de janeiro a 24 de setembro deste ano, houve um aumento de 49% nos focos de calor no Estado. Nos primeiros 30 dias do período proibitivo, entre 15 de julho e 15 de agosto, a redução era de 43% nos focos de calor. E entre o fim de agosto e início de setembro, a queda era de 20%. Setembro já começou com números negativos, até o dia 10 desse mês houve aumento de 0,80% nas queimadas.
No período proibitivo, que agora se estenderá até o dia 15 de outubro, podendo ainda ser prorrogado, durante a restrição, não pode utilizar fogo para limpeza e manejo nas áreas rurais é crime passível de seis meses a quatro anos de prisão, com autuações que podem variar entre R$ 7,5 mil a R$ 1 mil (pastagem e agricultura) por hectare.

Nas áreas urbanas, o uso do fogo para limpeza do quintal é crime o ano inteiro. As denúncias podem ser feitas na ouvidoria do BEA pelo 0800 647 7363, no 193 do Corpo de Bombeiros ou diretamente nas Secretarias Municipais de Meio Ambiente.

0 comentários:

Postar um comentário