quinta-feira, setembro 28, 2017

Índice de sucesso das cirurgias oftalmológicas da Caravana está acima da média nacional


A 9ª edição da Caravana da Transformação termina nesta sexta-feira (29-09-17) e, até o momento, 3.205 cirurgias já foram realizadas no Centro de Eventos de Juína. Com um índice de sucesso de 97% nas cirurgias de catarata, a Caravana da Transformação supera a média nacional, que é de 95%, segundo o Instituto Brasileiro de Oftalmologia e o Instituto de Moléstias Oculares.
O resultado se deve à estrutura oferecida durante o evento, que conta com dois centros cirúrgicos adaptados com equipamentos de última geração, além da equipe altamente capacitada. Nesta edição, mais de 100 profissionais estiveram envolvidos com os atendimentos oftalmológicos. Destes, 10 médicos oftalmologistas, sendo quatro cirurgiões, um anestesista, quatro médicos para atendimento ambulatorial e um retinólogo.
Outro fator que também assegura o sucesso das cirurgias é o trabalho da Vigilância Sanitária Estadual, que atua concomitante ao evento, inspecionando desde o centro cirúrgico para a prevenção de possíveis fontes de infecção, até os consultórios, ambulâncias do SAMU, praça de alimentação e no evento como um todo.
A cada edição, duas ambulâncias do SAMU ficam de prontidão para qualquer atendimento de emergência, assim como o hospital da região, inspecionado antes do evento e apto a receber qualquer paciente que precise de cuidados médicos. No entanto, não há casos de complicações até o momento.
As cirurgias de catarata são rápidas e praticamente indolores. O procedimento consiste na remoção do cristalino opaco e na substituição por uma lente intraocular. Entretanto, o acompanhamento do paciente não termina após a cirurgia. Ao sair do centro cirúrgico, o paciente recebe as instruções para os cuidados pós-cirúrgicos, além de ganhar um óculos escuro e um colírio, que deve ser utilizado conforme orientação médica.
Depois da cirurgia, o paciente ainda recebe três tipos de atendimentos pós-operatórios: um depois de 24 horas, um de sete dias e o último, 30 dias após do procedimento cirúrgico. Somente depois de 30 dias, com uma análise minuciosa do médico, o paciente recebe então a alta médica.

A unidade fixa para atendimento de pacientes da Caravana está localizada em Várzea Grande. Os atendimentos são agendados pelo 0800 770 7011, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h (horário de Brasília).
 

0 comentários:

Postar um comentário