quarta-feira, setembro 20, 2017

Merenda escolar garante qualidade nutricional a alunos da rede municipal de educação


A merenda escolar é preocupação constante nas escolas e creches da rede municipal de ensino de Várzea Grande. Além de quantidade e qualidade, a Prefeitura Municipal acaba de implantar o programa da Organização Não Governamental Internacional de Alimentação Consciente Brasil, que visa implementar a merenda escolar servida aos 27 mil alunos matriculados nas escolas e creches municipais.

“Os produtos adquiridos são de qualidade e devem ser manuseados e bem preparados, pois temos convicção de que a refeição nas escolas de Várzea Grande são mais do que um complemento alimentar, são um reforço para que cada aluno receba a quantidade ideal de nutrientes. Aqui não falta merenda e a mesma tem que tem qualidade e ser saborosa”, disse a prefeita Lucimar Sacre de Campos.

O programa também objetiva reduzir os impactos ambientais ao oferecer aos alunos da rede pública de ensino refeições mais saudáveis e sustentáveis. O cardápio diferenciado é elaborado por nutricionistas e prima pela necessidade da reposição de calorias e nutrientes necessários para o adequado desenvolvimento físico e intelectual do estudante.

A implementação da política alimentar adotada por Várzea Grande segue as recomendações das maiores autoridades mundiais em assuntos relacionados ao Meio Ambiente e Saúde, como a Organização das Nações Unidas e a American Heart Association, que sugerem medidas de redução do consumo de carnes e derivados de origem animal para combater e prevenir doenças.

Diariamente nas escolas municipais de período parcial, a merenda é servida uma vez por dia. Nas unidades que já trabalham o período integral, as unidades Em Tempo Ampliado (ETA), a alimentação é oferecida pelo menos três vezes, dentro dos chamados turno e contra turno de ensino. 

Com a nova parceria, todas as 300 merendeiras da rede municipal de ensino receberam treinamento ministrado pelo Chef de cozinha André Vieland da Humane Society International (HSI), com o objetivo de aprender opções de receitas saudáveis para produzir refeições com alto valor nutritivo, como a feijoada de legumes, o virado de mandioca, o macarrão à cuiabana, entre outras. 

O diretor da ONG, Alan Darer, que esteve no Brasil por ocasião da certificação internacional da Prefeitura de Várzea Grande com o “Selo de Alimentação Consciente”, visitou as instalações das escolas da rede municipal de ensino, e afirmou que a Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esportes e Lazer prima pela preocupação com a qualidade do alimento oferecido aos alunos e também em não deixar faltar refeições. 
 

0 comentários:

Postar um comentário