sexta-feira, setembro 29, 2017

Saúde Pública evolui e melhora qualidade no atendimento em Várzea Grande


Com investimentos que somaram R$ 39,7 milhões de janeiro a agosto deste ano, a área de saúde continua recebendo especial atenção por parte da administração da prefeita Lucimar Sacre de Campos, pois estes valores representam R$ 16 milhões além do legalmente previsto na legislação para ser aplicado em saúde pública.

Segundo o secretário de Saúde de Várzea Grande, Diógenes Marcondes dependendo do tipo de serviço médico prestado, a média varia entre 30% até 48% de pacientes de outras localidades.

A secretaria municipal de Saúde de Várzea Grande apresentou em audiência pública na Câmara Municipal, o segundo relatório quadrimestral da pasta, onde foram detalhados todos os serviços, ações e investimentos aplicados no setor no período de maio a agosto deste ano. De acordo com os dados projetados, nas atenções em saúde primária, secundária e terciária, houve evolução em todos os serviços ofertados na rede pública municipal por meio do Sistema Único de Saúde – SUS.

De acordo com o relatório, as Atenções Básica e Secundária, que passaram por reestruturação na Rede de Serviços, atingiu a marca de 60.874 atendimentos e procedimentos, superando as metas estipuladas.

Na Unidade de Pronto Atendimento 24h (UPA IPASE) foram mais de 44 mil atendimentos. A saúde bucal no ano de 2016 foram registrados cerca de 15 mil atendimentos, se comparados com o mesmo período do quadrimestre de 2017, foram 25 mil atendimentos, um crescimento foi de 60%.


Entre as principais ações que serão desenvolvidas nos próximos meses e anos estão a reforma geral da Policlinica do Jardim Glória, a única de cinco unidades que ainda não foi completamente reformada, a construção da UPA Cristo Rei, a conclusão da reforma geral do Hospital e Pronto Socorro, a entrega das obras do primeiro de cinco Centro Odontológico e do Centro de Imagens de Várzea Grande.

0 comentários:

Postar um comentário