segunda-feira, setembro 04, 2017

Várzea Grande dará cerca de 7 mil títulos definitivos a moradores de conjuntos habitacionais


Várzea Grande foi o primeiro município de Mato Grosso a assinar o Termo de Cooperação para viabilizar a regularização fundiária urbana dos imóveis pertencentes à carteira imobiliária da extinta Companhia de Habitação Popular do Estado de Mato Grosso (Cohab-MT). Com a assinatura Várzea Grande vai poder regularizar cerca de 7 mil imóveis pertencentes aos Conjuntos Habitacionais localizados no município, totalizando 15.
Na manhã de hoje (segunda-feira 04-09-17), o Governador do Estado de Mato Grosso, Pedro Taques, o Presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso, desembargador Rui Ramos Ribeiro assinaram um termo de cooperação que dará aos municípios a legalidade para o inicio dos trabalhos para  regularização fundiária, totalizando 45 mil propriedades em todo o Estado. O ato ocorreu no gabinete do presidente do TJMT, desembargador Rui Ramos.
A prefeita Lucimar Sacre de Campos presente na solenidade disse que o município inicia uma grande ação de respeito à população. “Com a regularização dessas 7 mil propriedades estamos restabelecendo a dignidade dessas famílias. Entre as regularizações fundiárias rurais e urbanas Várzea Grande trabalha para contemplar cerca de 50 mil famílias. A assinatura legaliza a ação dos municípios desburocratizando e agilizando o ato. É muito importante essa união de esforços em prol das famílias matogrossenses e várzeagrandenses”.

Os conjuntos habitacionais que serão contemplados são: Nossa Senhora da Guia (308 imóveis); Cristo Rei (815); Cristo Rei Profilurb (353); Cohab Santa Isabel (510); Cohab Jayme Campos (436); Cohab Primavera (501); Cohab Dom Bosco (208); Cohab Asa Bela (428), Cohab Asa Branca (99); Cohab Dom Orlando Chaves (389); Cohab Cabo Michel (263); Cohab 7 de Maio (505); Cohab 24 de Dezembro (593), Tarumã I (475), Residencial Alberto Canellas (492).
 

0 comentários:

Postar um comentário