quinta-feira, outubro 19, 2017

Pela 2ª vez, Marechal Rondon tem maior evolução do país na visão de passageiros

Pela segunda vez no ano, o Aeroporto Internacional Marechal Rondon, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, foi o terminal com maior evolução no índice de satisfação dos passageiros entre os principais aeroportos do país. Com o crescimento, o terminal mato-grossense saltou da 14ª posição no ranking nacional para a 12ª.
A expansão em percentual chegou a 18,9% no terceiro trimestre de 2017 na comparação com o mesmo período do ano passado. As informações citadas constam da Pesquisa Permanente de Satisfação dos Passageiros, do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, divulgada nesta quinta-feira (19-10-17) pelo Ministério dos Transportes.
A evolução registrada pelo aeroporto Marechal Rondon vem sendo notada desde o primeiro trimestre do ano, após o destravamento das obras de ampliação do terminal capitaneada pelo secretário de Estado das Cidades, Wilson Santos. “O governador Pedro Taques tem determinado que quer o Marechal Rondon entre os melhores do país. Isso tem feito que a gente trabalhe diuturnamente, mas é claro que a melhoria de alguns itens elevou a satisfação do cliente.
A temperatura ambiente do aeroporto sempre está entre 21 e 23°C, as esteiras de desembarque são rápidas e o que coloca Cuiabá entre os melhores do país, os banheiros foram todos reformados, a praça de alimentação tem sido permanentemente melhorada, entre outros aspectos”, citou ele, se dizendo satisfeito com a evolução no ranking.
De acordo com o levantamento do Governo Federal, pela segunda vez o aerporto mato-grossense apresentou nota acima de 4, numa escala que tem teto de 5. No terceiro trimestre de 2016, a nota de satisfação do terminal entre os passageiros era de 3,55, passou para 4,04 no primeiro trimestre de 2017 e alcançou 4,22 de julho a setembro. Esse é melhor desempenho da série histórica desde 2013. A pesquisa do Ministério dos Transporte mostra que dessa vez o terminal de Mato Grosso deixou para trás os aeroportos de Salvador (3.95), Congonhas (4.16) e Porto Alegre (4.21).

Ainda segundo o estudo, dos 15 terminais avaliados, 14 tiveram nota acima de 4, a média estipulada pela Conaero (Comissão Nacional de Autoridades Aeroportuárias), numa escala que vai de um a cinco. “Hoje, o nosso relatório mostra que temos 14 dos 15 aeroportos sendo bem avaliados pelos passageiros. Agora, queremos ampliar esse escopo e ver como andam os demais terminais brasileiros em relação à gestão e à entrega dos serviços aos usuários do transporte aéreo. Precisamos identificar os problemas e atuar nas melhorias”, pontuou o secretário Nacional de Aviação Civil, Dario Lopes.

 

0 comentários:

Postar um comentário