quarta-feira, outubro 25, 2017

Vereador Abilio critica medida do prefeito Emanuel de plantar palmeiras nos trilhos do VLT


O vereador Abilio Junior (PSC) criticou a medida defendida pelo prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB), de plantar palmeiras imperiais no lugar onde passaria os trilhos do Veículo Leve sobre Trilho (VLT) em Cuiabá. Segundo o prefeito, tal ação já está em andamento, com abertura de processo licitatório devendo ocorrer em 30 dias. “Já mandei fazer projeto, levantar o custo e quando receber o projeto chamarei vocês”, disse o prefeito em trecho de reportagem em um site de notícias da cidade.

Com base nessa declaração dada à imprensa pelo prefeito Emanual na segunda-feira (23-10-17), durante solenidade no bairro Jockey Clube, o vereador Abilio usou a tribuna da sessão desta terça-feira (24-10) para rebater a postura adotada pelo chefe do Executivo Municipal, que afirmou retomar as áreas onde estão situadas obras à época da Copa do Mundo de 2014 e que estão sob a tutela do Estado.

De acordo com Abilio, Emanuel, enquanto foi deputado estadual, teve a oportunidade técnica e obrigação política de acompanhar e fiscalizar a construção do VLT e demais obras da Copa de 2014, na condição de responsável fiscal delas. Além disso, salientou o parlamentar municipal, “seria incrível da nossa parte que concordássemos com o ato de plantar palmeiras imperiais nos canteiros no município de Cuiabá”. Contrário à medida, o vereador cobrou do prefeito os relatórios feitos naquele momento em que era deputado e fiscal das obras.

Pois, para o vereador, por mais que haja ações pontuais que levam à direção do plantio das palmeiras, seria uma ideia inacreditável, que o prefeito deveria ter sido “irônico” ao falar sobre o projeto.

“Não consigo acreditar que ele tenha feito isso de maneira séria, pois tudo indica que era um ato de ironia, levando em conta a lentidão do processo do VLT e todos os esquemas de corrupção que estão emaranhados ao VLT, assim como todas as demais obras da Copa, assim como tantos dinheiros que foram parar nos ternos, assim como todas as notas frias que tiveram por aí, assim como todo o ato e como um grupo de corrupção invadiu o Estado de Mato Grosso e que tomou conta da cidade de Cuiabá”, disse o parlamentar.


Para o vereador, a proposta de plantar essas árvores nos canteiros centrais da cidade vai causar um prejuízo ainda maior à sociedade que, segundo ele, já foi bastante lesada com a falsa promessa de legado. “Não plante ideias ruins nas nossas cabeças prefeito, mas plante boas explicações de tantos problemas que estamos tendo até agora”, falou Abilio.

0 comentários:

Postar um comentário