segunda-feira, novembro 27, 2017

Confiança da construção sobe 1,1 ponto em novembro ante outubro, diz FGV


O Índice de Confiança da Construção (ICST), medido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), subiu 1,1 ponto na passagem de outubro para novembro, para 79,1 pontos. O indicador teve o sexto resultado positivo consecutivo. "Em novembro, vale destacar que a percepção das empresas em relação à carteira de contratos teve forte avanço. Também houve aumento nas assinalações de contratações de mão de obra nos próximos meses - o indicador registrou a terceira alta consecutiva, atingindo o maior patamar desde dezembro de 2014", avaliou Ana Castelo, coordenadora de Projetos da Construção do Instituto Brasileiro de Economia da FGV (Ibre/FGV), em nota oficial.
Em novembro, o Índice da Situação Atual (ISA-CST) subiu 3 pontos, para 69,2 pontos, sob influência do item situação atual da carteira de contratos, que cresceu 4,2 pontos, para 67,8 pontos.
Já o Índice de Expectativas (IE-CST) recuou 0,8 ponto, para 89,4 pontos, após cinco meses de altas consecutivas. O item que mais contribuiu negativamente foi a demanda para os três meses seguintes, com queda de 2,1 pontos, para 88,2 pontos.

0 comentários:

Postar um comentário