quarta-feira, novembro 08, 2017

CPI do Paletó é assegurada com assinaturas de mais dois vereadores da base de sustentação de Emanuel


A abertura da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que vai investigar prefeito  de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (PMDB), recebeu a adesão de mais dois vereadores da base governista: Adevair Cabral (PSDB) e Luis Claudio (PP). Eles assinaram o requerimento na manhã desta quarta-feira (08-11-17).
Eles disseram que resolveram assinar o requerimento após reunião da coordenação da bancada que forma a base de sustentação da administração e decidiram que qualquer outro parlamentar poderia participar da investigação.
O requerente da investigação, vereador Marcelo Bussiki (PSB), que faz parte do grupo de oposição, disse que ficou surpreendido com a atitude dos colegas. "Espero que não queiram atrapalhar, vamos trabalhar para que a verdade venha à tona. Tomara que eles queiram contribuir e não para manobrar os vereadores que querem trazer os esclarecimentos para a população", disse Bussiki.
Há quem diga que nesse gesto pode ter algum tipo artimanha para atrasar os trabalhos ou até mesmo inviabiliza-lo

A CPI do paletó vai investigar a conduta do prefeito que foi gravado recebendo maços de dinheiro e guardando no paletó quando era deputado estadual. O vídeo faz parte da delação premiada do ex-governador Silval Barbosa (PMDB) que afirma que o dinheiro pago por seu então chefe de gabinete Silvio Cézar Corrêa Araújo a Emanuel Pinheiro era propina em troca de apoio político.

0 comentários:

Postar um comentário