quarta-feira, novembro 08, 2017

Polícia Civil suspende concurso para delegado


Após a confirmação, por meio de perícia técnica, que um envelope foi parcialmente violado indicando que houve fraude, a Polícia Civil de Mato Grosso suspendeu o concurso público para delegado substituto por 60 dias. 
A PJC justifica que a medida foi adotada até a conclusão do inquérito policial presidido pela Gerência de Combate do Crime Organizado (GCCO) e o inquérito civil do Ministério Público Estadual (MPE), que apuram suspeita de violação dos lacres de envelopes contendo provas.
Foram mais de 13 mil inscritos disputando vagas para um salário de R$ 19 mil.
A decisão foi tomada nesta quarta-feira (08-11-17), em reunião com a Comissão do Concurso, Polícia Judiciária Civil, Ministério Público, o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), antigo Cespe, Organização Social de Brasília, empresa contratada para o certame. 

Outra denúncia, além da violação de envelope, é que no dia do concurso circularam fotos da prova e do cartão de questões pelas redes sociais antes do término da primeira prova, aplicada no dia 8 de outubro deste ano, um domingo. No mesmo dia, candidatos denunciaram as irregularidades no certame conduzido pela Cebraspe - Cespe/UnB. 

0 comentários:

Postar um comentário