sexta-feira, novembro 17, 2017

Várzea Grande inaugura em dezembro 10 leitos de UTIs infantil e neonatal



A prefeita de Várzea Grande, Lucimar Sacre de Campos agendou para este mês de dezembro a inauguração da sétima etapa das obras da ampliação, melhorias e equipamentos do Hospital e Pronto Socorro e que trata da Unidade de Terapia Intensiva – UTI Neonatal e Infantil com 10 leitos.

Até agora já foram consumidos recursos da ordem de R$ 8 milhões nas obras e equipamentos da unidade.

Mesmo diante das dificuldades impostas a qualquer gestão pública por causa da crise econômica que em média tem reduzido os repasses federais e estaduais em 35%, Várzea Grande mantém o alto índice de investimento na área de saúde, principalmente nas obras de ampliação e melhoria do Hospital e Pronto Socorro Municipal que de janeiro a outubro deste ano já atendeu mais de 115 mil pessoas com os mais variados procedimentos médicos.

Em dezembro será inaugurado o Bloco E que compreende os 10 leitos de UTI, sendo 7 infantis e 3 neonatal, além de um leito de isolamento para casos graves de doenças infecto-contagiosas. Além deste bloco  será finalizada a obra de 18 leitos de enfermaria. Os recursos investidos nesta ala são da ordem de R$ 2,5 milhões entre obras e equipamentos entre recursos federais e próprios.

A prefeita Lucimar Campos lembrou que em Várzea Grande mais de 70 obras estão em andamento gerando emprego, renda e aquecendo a economia local sem contar que todas são voltadas para atender a população que espera algo mais de seus gestores públicos.

De acordo como o secretário municipal de Saúde, Diógenes Marcondes as obras estão na fase de acabamento na ala de enfermaria. Já para as UTis foi determinado mais agilidade para a empresa executora, e também o aumento da carga horária de trabalho incluindo feriados e finais de semana, para que o município possa dentro do planejado entregar a obra. “Os esforços são no sentido de se ter uma unidade de saúde ainda mais eficiente, que atenda as demandas da população, bem como da rotina dos profissionais da área de saúde que tendo meios e condições produzem ainda mais”, frisou o secretário de Saúde de Várzea Grande.

0 comentários:

Postar um comentário