quinta-feira, dezembro 14, 2017

Maia anuncia votação da reforma da Previdência para 19 de fevereiro


O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), anunciou nesta quinta-feira (14-12-17) que vai colocar a reforma da Previdência em votação no plenário no dia 19 de fevereiro, a segunda-feira após o feriado de Carnaval. As discussões devem ser iniciadas no dia 5 de fevereiro.
"Mesmo em um ano eleitoral, vamos discutir este tema de forma transparente. Desta vez, em ano de eleição, dá para aprovar", afirmou Maia.
Ele disse que tem "convicção" de que, na data anunciada, terá "de 320 a 330 votos" a favor da reforma.
O presidente da Câmara negou frustração com o adiamento.
"O ideal era que fosse votado agora, mas o tempo vai nos ajudar a esclarecer [a reforma]. O frustrante é perder. Não temos os votos hoje. A base não tem os votos hoje. De agora a fevereiro, continuaremos trabalhando", afirmou Maia.
O presidente da Câmara se reuniu nesta quinta-feira com o relator da proposta, Arthur Maia (PPS-BA), o ministro Eliseu Padilha (Casa Civil), o secretário de Previdência Social do Ministério da Fazenda, Marcelo Caetano, e deputados da base aliada.
O líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), havia antecipado na quarta-feira (13-12-17) que a reforma ficaria para 2018, já que o Planalto não conseguiu os 308 votos necessários para aprovar a matéria.
Tanto Maia quanto ministros de Temer, resistiam em confirmar o adiamento da votação, mas a desmobilização dos partidos da base obrigou que eles reconhecessem esse cenário.

 

0 comentários:

Postar um comentário