sexta-feira, janeiro 12, 2018

Ministério Público Federal e Estadual criam força-tarefa para zerar processos pendentes


O Ministério Público Federal e o Ministério Público do Estado de Mato Grosso assinaram  ato conjunto criando uma força-tarefa para auxiliar temporariamente a Procuradoria Regional Eleitoral na elaboração de manifestações e pareceres dos processos que tramitam no Tribunal Regional Eleitoral. A meta é zerar todos os processos até o dia 30 de março.

A força tarefa será composta pelos Promotores de Justiça que atuam no Eleitoral nos municípios de Cuiabá, Várzea Grande, Chapada dos Guimarães, Poconé e Santo Antonio de Leverger. Os trabalhos serão coordenados pela Procuradoria Regional Eleitoral.
A iniciativa busca atender a Resolução 2.039/2017, do Tribunal Regional Eleitoral, que estabelece metas para o julgamento, antes do período de registro de candidaturas das Eleições 2018, de todos os processos que possam culminar em não diplomação, perda de mandato eletivo ou em qualquer causa de inelegibilidade.

0 comentários:

Postar um comentário