segunda-feira, fevereiro 26, 2018

Roseli presta depoimento na CGE sobre o envolvimento de empresas em esquemas de pagamento de propina


Roseli Barbosa, ex-primeira-dama e ex-secretária de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas), prestou depoimento na Controladoria-Geral do Estado (CGE) na tarde desta segunda-feira (26-02-18).

Ela foi ouvida sobre o envolvimento de cerca de 100 empresas em esquemas de pagamento de propina no período em que seu marido, Silval Barbosa, governou o estado de Mato Grosso.

O depoimento da ex-prmeira dama tem a finalidade de apurar eventuais prejuízos aos cofres públicos por atos registrados na administração de Silval. Em outubro de 2017, a CGE revelou que detectou um rombo de R$ 1,03 bilhão em contratos da administração passada. 

Roseli, seu marido, o cunhado e o filho Rodrigo Barbosa são delatores de dezenas de esquemas que culminaram na deflagração da Operação Malebolge. As delações foram homologadas pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Como parte do acordo de delação, Roseli é obrigada a prestar esclarecimentos sempre que for convocada.


Além de Roseli, também prestou depoimento nesta tarde o irmão de Silval, Antonio Barbosa e o empresário Rodrigo Barbosa. 

0 comentários:

Postar um comentário