segunda-feira, março 26, 2018

Assessoria Jurídica do TJ dá parecer favorável à aposentadoria a Selma Arruda



A assessoria jurídica do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJ-MT) emitiu parecer favorável à concessão da aposentadoria requerida pela juíza Selma Arruda, da Vara Contra o Crime Organizado da Capital.
  
Selma pediu na tarde da última quinta-feira (22-03-18) permissão para se aposentar. O nome da magistrada é especulado para disputar uma vaga na Assembleia Legislativa e até mesmo numa composição de chapa, como vice, junto do atual governador de Mato Grosso, Pedro Taques (PSDB), que buscará reeleição.

A magistrada é conhecida por ter mandado prender e condenar dezenas de “figurões” da política do Estado, como o ex-deputado José Riva e o ex-governador Silval Barbosa.

Apesar do parecer favorável, o requerimento ainda deverá ser avaliado pelo Departamento da Folha de Pessoal e por uma equipe técnica antes de ser decidido pelo presidente do TJ-MT, desembargador Rui Ramos Ribeiro.

No pedido, consta que a magistrada começou a atuar no Poder Judiciário mato-grossense no dia 2 de agosto de 1996 e, somado ao trabalho anteriormente desempenhado, ela já soma mais de 31 anos de serviços prestados.

Se o processo de aposentadoria for julgado até o dia 7 de abril, a juíza ainda terá chance de ingressar em algum partido político.


0 comentários:

Postar um comentário